Domingo, 27 de Novembro de 2022
27°

Pancada de chuva

Parauapebas - PA

Dólar
R$ 5,40
Euro
R$ 5,62
Peso Arg.
R$ 0,03
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Câmara e Senado realizam campanha do Outubro Rosa 2022 a partir de segunda

Samuel de Souza/Câmara dos Deputados Prédio do Congresso ilumina-se todo ano de rosa em adesão à campanha A Câmara dos Deputados inicia nesta seg...

29/09/2022 às 09h10
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Prédio do Congresso ilumina-se todo ano de rosa em adesão à campanha - (Foto: Samuel de Souza/Câmara dos Deputados)
Prédio do Congresso ilumina-se todo ano de rosa em adesão à campanha - (Foto: Samuel de Souza/Câmara dos Deputados)

A Câmara dos Deputados inicia nesta segunda-feira (3) a campanha Outubro Rosa de 2022. Anualmente, são realizadas atividades com o objetivo de conscientizar e alertar mulheres e toda a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e outros tipos da doença que atingem as mulheres, aumentando as chances de cura e reduzindo a mortalidade.

As ações são coordenadas pela Secretaria da Mulher da Câmara – formada pela coordenação da Bancada Feminina e Procuradoria da Mulher –, pela Procuradoria Especial da Mulher e pela Liderança da Bancada Feminina do Senado, com apoio de instituições e organizações parceiras.

Números da doença
Segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Brasil, excluídos os cânceres relacionados a tumores de pele não melanoma, o câncer de mama é o de maior incidência em mulheres de todas as regiões, com taxas mais altas nas regiões Sul e Sudeste.

Já em relação aos óbitos, constitui a primeira causa de morte por câncer na população feminina em todas as regiões do Brasil, exceto na região Norte, onde o câncer do colo do útero ocupa essa posição.

Para 2022, são estimados 66.280 casos novos de câncer de mama. Já o câncer do colo do útero é o terceiro tipo com maior incidência entre as mulheres, estimado para 2022 em 16.710 casos novos.

Artigo científico brasileiro publicado na revista Public Health in Practice, neste ano, aponta que as campanhas do Outubro Rosa aumentam as ações preventivas de combate ao câncer de mama. A busca por mamografia, por exemplo, cresce 39% no período da campanha e nos meses imediatamente seguintes, segundo a publicação.

Programação
No Congresso, a campanha terá início no dia 3 de outubro e se estende até o fim do mês. O slogan deste ano é: “Quem tem peito tem direito!”. A solenidade oficial de abertura está marcada para dia 10 de outubro, às 17 horas, no Salão Nobre, com o tradicional acendimento das luzes dos edifícios da Câmara e Senado na cor rosa.

A programação ainda inclui a realização de um seminário, no dia 11 de outubro, com o tema “Desafios e possibilidades para o câncer de mama no Brasil”; duas exposições; e um debate no dia 19 de outubro, sobre o cenário de enfrentamento ao câncer de mama pós-pandemia. Além disso, durante todo o mês de outubro, haverá doação de bandanas, turbantes, bonés, lenços e tiaras para mulheres e crianças com câncer.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários