Domingo, 27 de Novembro de 2022
27°

Pancada de chuva

Parauapebas - PA

Dólar
R$ 5,40
Euro
R$ 5,62
Peso Arg.
R$ 0,03
REGIONAL BABADO É FORTE

Pilotos relatam luzes ‘não identificadas’ no céu de Porto Alegre pela 5ª noite consecutiva

Fenômeno também tem sido observado em outros locais do país, como Uberaba (MG), Palmas (TO) e Santa Catarina

09/11/2022 às 15h53
Por: Redação Fonte: O Liberal
Compartilhe:
| Reprodução
| Reprodução

 Pilotos que sobrevoavam Porto Alegre voltaram a relatar luzes “não identificadas” no céu da cidade, nesta terça-feira (8). Essa foi a quinta noite consecutiva em que o fenômeno é observado. Casos semelhantes também foram registrados em outros locais do país, entre eles Uberaba (MG), Palmas (TO) e Santa Catarina. As informações são do G1 do Rio Grande do Sul.

"Uma luz avistada aqui", disse um dos pilotos que relatou o fenômeno à Central de Controle do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. As equipes que observam as luzes são orientadas pelo controle para que, dentro da segurança, realizem filmagens que ajudem na análise "do padrão de movimento do objeto avistado".

De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), o controle do espaço aéreo ocorreu dentro da normalidade nos últimos dias, não havendo registro de ocorrência aeronáutica no Estado do Rio Grande do Sul. “Nenhum objeto desconhecido foi identificado pelos radares de defesa aérea", afirma a FAB.

O que podem ser as luzes?

Para Carlos Jung, responsável pelo Observatório Espacial Heller & Jung, o fenômeno pode ser resultado da reflexão difusa de luz entre nuvens em direção a Porto Alegre, que pode ser gerada por holofote de luz ou até algum objeto. “Não é incomum", afirma.

Ele explica que a luz, a partir de algum equipamento, como um holofote, por exemplo, pode "rebater" nas nuvens, resultando no que se vê no céu: o acender, apagar e o movimento das luzes.

Já o físico Felipe Ben prefere não opinar porque não obteve dados suficientes para avaliar se as luzes remetem a algum fenômeno conhecido.

"Talvez com algumas imagens melhores, que dê para ver melhor o que está acontecendo. Eu não consegui identificar nada. Pelo menos, nada óbvio vem à cabeça", conta.

O ufólogo Edison Boaventura Júnior afirma que as luzes podem indicar a presença de fenômenos não identificados. Ele diz que contabilizou 115 ocorrências de avistamento em todo o país, entre abril e outubro deste ano. "Recebi informações que em Minas Gerais tem alguns casos e em algumas cidades do interior de São Paulo. No Sul, a partir de outubro, houve alguns relatos de pessoas que viram [ovnis] em solo e agora estes pilotos que observaram estes objetos", comenta o ufólogo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários