31°

Parcialmente nublado

Parauapebas, PA

PARAUAPEBAS SEGURANÇA

Grupamento Patrulha Maria da Penha comemora três anos com mais de 1500 mulheres atendidas

Atualmente 101 vítimas de violência doméstica estão sob a proteção do programa, que atua de forma preventiva na para garantir a segurança de mulheres ameaçadas, na maioria das vezes, pelo ex-companheiro.

28/06/2024 às 11h59
Por: Redação Fonte: Sara Dias
Compartilhe:
Foto: Orion Lima
Foto: Orion Lima

Desde a sua implantação, em 25 de junho de 2021, o Grupamento Patrulha Maria da Penha da Guarda Municipal de Parauapebas tem atuado de forma constante e eficiente na proteção de mulheres vítimas de violência doméstica. Ligada à Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi), a patrulha atua em parceria com a Secretaria Municipal da Mulher (Semmu).

“Eu já sou assistida há mais de um ano. Ser assistida pela patrulha é ter alguém ali a todo o tempo, para te ajudar na hora que você precisar”, elogia Weslania Silva. 

Ela é assistida pela Patrulha Maria da Penha há mais de um ano e enaltece o serviço de proteção do grupamento. 

Continua após a publicidade
Anúncio

“Eles sempre prestaram socorro, sempre que precisei.  E sempre quando o meu ex estava incomodando, eu ligava, mandava mensagem, e eles iam lá, eles estavam lá em questão de minutos. Eles nunca me deixaram só, nunca me desampararam. Então, eu só tenho a agradecer”. 

Assim como Weslania, outras mulheres recebem o atendimento de medida protetiva da Patrulha Maria da Penha. Atualmente, 101 vítimas de violência doméstica estão sob a proteção do programa, que, durante esses três anos de existência, já atendeu mais de 1.500 mulheres.

“Esse trabalho é extremamente importante. Nós só conseguimos fazer isso de uma forma integrada com as Forças e também com a participação da Secretaria Municipal da Mulher. A patrulha está aí na ativa, atendendo as mulheres, assistindo, acompanhando cada uma delas”, destaca Renata Santos, secretária adjunta da Semsi.

A Patrulha Maria da Penha age como um complemento à medida protetiva estabelecida pelo Poder Judiciário. A partir disso, o Grupamento da Guarda Municipal liga para a mulher e pergunta se ela deseja receber o acompanhamento.

“O primeiro passo é ir à delegacia e registrar o Boletim de Ocorrência. Caso a vítima acha que tem necessidade da medida protetiva, a partir daí já terá acesso aos nossos números de telefone, que são específicos só para as assistidas”, explica a GM Diva Brioto, do Grupamento Maria da Penha.

O evento, em comemoração aos três anos de efetividade da Patrulha Maria da Penha foi realizado na terça-feira, 25, e contou com a presença de várias mulheres assistidas.

Para solicitar mais informações sobre a atuação da Patrulha Maria da Penha, o cidadão pode ligar para o Centro de Controle e Operações no (94) 99278-0431 ou para a Central de Atendimento e Despacho (CAD) no 190.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
PARAUAPEBAS - PA
PARAUAPEBAS - PA
Sobre o município Parauapebas é um município brasileiro do estado do Pará, pertencente à mesorregião do Sudeste Paraense e sede da microrregião de Parauapebas. Localiza-se no norte brasileiro, distante 719 km da capital Belém.
Parauapebas, PA Atualizado às 18h04 - Fonte: ClimaTempo
31°
Parcialmente nublado

Mín. 23° Máx. 37°

Sáb 36°C 25°C
Dom 35°C 23°C
Seg 36°C 20°C
Ter 36°C 20°C
Qua 35°C 21°C
Anúncio
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio