32°

Parcialmente nublado

Parauapebas, PA

Geral PREPARAÇÃO

Cães nascidos no Batalhão de Ações com Cães da PM são preparados para patrulhamento nas ruas

Cachorros são usados para ajudar, principalmente, no combate ao tráfico de drogas, e têm uma rotina dentro do canil

27/02/2024 às 08h05
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Crédito: Bruno Cecim / Ag.Pará
Crédito: Bruno Cecim / Ag.Pará

O Batalhão de Ações com Cães da Polícia Militar do Estado do Pará (BAC/PM-PA) deve colocar, pela primeira vez em atuação, os cachorros nascidos dentro da maternidade do BAC. Ao menos, quatro cães, nascidos de duas ninhadas diferentes -, criados há dois anos, vêm sendo preparados para atuação em breve.

O comandante do BAC, tenente-coronel Allan Sullivan, conta que, desde que a maternidade do Batalhão começou a funcionar, em fevereiro de 2022, nove cães já nasceram no local. A maioria é da raça pastor-belga-malinois. Os animais passam pelas técnicas de manejo e adestramento necessárias a um cão policial. Os mais novos já têm um ano e três meses e começam a ser apresentados a odores que fazem parte do treinamento para cães que atuam em uma das quatro áreas: busca e captura, narcótico, explosivos e armamento.

"De acordo com cada perfil de cada cão, o adestrador define qual é o mais apto às categorias. Isso define a vida útil e o trabalho cooperativo a ser feito ao longo de toda uma vida. Não se muda o tipo de farejar, um cão que iniciou o trabalho na área de identificação de narcóticos, por exemplo, nunca será posteriormente remanejado para a identificação de armas", explica o oficial.

Continua após a publicidade
Anúncio

O tenente-coronel observa que o trabalho de manejo feito com os caninos envolve uma relação de respeito e carinho com os adestradores. "A gente sabe da missão deles, mas para eles funciona como uma brincadeira, tanto que a cada etapa cumprida de uma tarefa eles recebem algum tipo de recompensa, uma bola, um outro brinquedo, um petisco, e é assim desde o treinamento", detalha.

Canil é sinônimo de economia para governo estadual

Antes da existência da maternidade do BAC, o governo estadual chegava a desembolsar até R$ 30 mil em um cão com as características exigidas para a atuação na área da segurança. Se fosse um destinado à procriação, de linhagem e pedigree, esse investimento poderia chegar até R$ 100 mil por animal.

"Às vezes, nem sempre o cão ou a cadela era adequado ao que se precisava, ou seja, todo aquele investimento não entregava o que era necessário. Se a gente conseguir 100% de aproveitamento nesses filhotes que já estão em adestramento, passaremos bastante tempo sem precisar adquirir cães e cadelas procriadores", garante o comandante do BAC.

O tenente-coronel Allan Sullivan enfatiza: "sem contar que faz toda a diferença quando um filhote nasce aqui, porque o contato com o adestrador se dá logo nos primeiros dias de vida do animal, e isso faz toda a diferença. Logo mais, em abril, duas fêmeas dessas ninhadas que já nasceram na maternidade do BAC devem entrar no cio e serão colocadas para procriar. Se tudo der certo, nós estaremos aqui mesmo treinando e encaminhando cães para os canis setoriais do interior".

Treinamentos dão resultados

Assim que nascem, os filhotes passam algum tempo isolados na maternidade, tempo este em que a equipe veterinária responsável monta o cronograma de vacinas necessárias. No quinto dia de vida, animal e adestrador iniciam os primeiros contatos, e o policial inicia o manejo com técnicas específicas de movimentação de cabeça e tronco a fim de estimular alguns sentidos importantes dos cães.

"Quando abrem as janelas de aprendizado o adestrador dá estímulos sonoros e olfativos, e também mostra o ambiente onde eles estão. Naqueles primeiros dias de convivência em ninhada os animais começam a mostrar quem é o alfa do grupo. Para este trabalho em conjunto, nós contamos com cinco PMs na equipe veterinária e outros dez adestradores", detalha o comandante do BAC.

O oficial complementou: 'quando os filhotes estiverem prontos para ir às ruas o ganho será imensurável. Se tivermos todos em atuação, cada um na sua área, teremos um reforço e tanto a custo zero, tudo sendo feito por aqui pelo BAC, pela equipe do BAC. Como profissional de ensino técnico da área, digo inclusive que será um momento de enorme satisfação ver o trabalho sendo feito, aquele cão treinado por aqui desempenhando missões bem sucedidas".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Parauapebas, PA Atualizado às 13h21 - Fonte: ClimaTempo
32°
Parcialmente nublado

Mín. 23° Máx. 31°

Qui 31°C 22°C
Sex 30°C 23°C
Sáb 29°C 22°C
Dom 27°C 22°C
Seg 27°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio