23°

Tempo nublado

Parauapebas, PA

PARÁ SAIDINHA

Mais de 200 presos conseguem saída temporária em Marabá

Cerca de 5% dos detentos que vão para a rua nas saídas temporárias não retornam.

24/10/2023 às 13h12
Por: Redação Fonte: Chagas Filho/Correio de Carajás
Compartilhe:
Mais de 200 presos conseguem saída temporária em Marabá

Um vídeo que circula em tom de alarmismo divulga que pelo menos mil detentos do complexo penitenciário em Marabá estão tendo direito a saída temporária nesta segunda-feira (23). Afora o exagero na quantidade, o vídeo é real, mas são 204 detentos que estão saindo agora e precisam retornar até as 14h da próxima segunda-feira (30). Trata-se da saída temporária relativa ao Dia das Crianças.

O vídeo mostra muitos veículos e dezenas de pessoas na entrada do complexo penitenciário. Certamente são cidadãos e cidadãs que têm familiares presos e que estão alia aguardando para que eles sejam liberados.

No Brasil, existem seis saídas temporárias autorizadas, conforme previsto nos artigos 122 a 125 da Lei nº 7.210/1984, a chamada Lei de Execuções Penais (LEP). São elas as saídas relativas ao Dia das Mães, Páscoa, Dia dos Pais, Dia das Crianças, Natal e Ano Novo.

Continua após a publicidade
Anúncio

Mas esse não é um direito dado a qualquer detento, não. Existem critérios para isso. Segundo a LEP, tem direito à saída temporária o preso que cumpre pena em regime semiaberto, que até a data da saída tenha cumprido um sexto da pena total se for réu primário, ou um quarto se for reincidente.

É lógico que quando acontecem saídas temporárias, sobretudo em grande escala, como nesse caso que corresponde quase a 20% do total de detentos do sistema penal, existe uma apreensão por parte da sociedade. Mas, por outro lado, via de regra, os beneficiados, além de cumprir os requisitos previstos na LEP, precisam ter bom comportamento.

“Tem que ter boa conduta carcerária, pois o juiz, antes de conceder a saída temporária, consulta o diretor do complexo sobre a boa ou má conduta do interno”, explica o advogado Júlio Neto, presidente da comissão de Segurança Pública e Sistema Penitenciário da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção Marabá.

Além disso, o advogado observa que quando os detentos não retornam para a casa penal dentro do prazo estabelecido por lei, perdem a oportunidade de uma próxima saída temporária e já se encaixam na condição de foragidos.

No Brasil, a taxa de retorno dos detentos que vão para a rua nas saídas temporárias é de 95%. Não há uma estimativa específica em relação a Marabá, mas é possível que a taxa de retorno fique dentro desse percentual.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
MARABÁ - PA
MARABÁ - PA
Sobre o município É um município brasileiro localizado no sudeste do estado do Pará, Região Norte do país. Sua localização tem, por referência, o ponto de encontro entre dois grandes rios, Tocantins e Itacaiúnas, formando uma espécie de "y" no seio da cidade vista de cima. A sede municipal é formada basicamente por seis núcleos urbanos interligados por rodovias.
Parauapebas, PA Atualizado às 23h24 - Fonte: ClimaTempo
23°
Tempo nublado

Mín. 22° Máx. 28°

Qua 27°C 22°C
Qui 28°C 22°C
Sex 28°C 22°C
Sáb 27°C 22°C
Dom 29°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio