Quarta, 01 de Fevereiro de 2023
21°C 25°C
Parauapebas, PA
Publicidade

Projeto inclui Antonieta de Barros no 'Livro dos Heróis da Pátria'

Está em análise no Senado um projeto de Lei que inscreve o nome da Antonieta de Barros, primeira parlamentar negra eleita no Brasil, no Livro dos H...

21/10/2022 às 16h35
Por: Redação Fonte: Agência Senado
Compartilhe:

Está em análise no Senado um projeto de Lei que inscreve o nome da Antonieta de Barros, primeira parlamentar negra eleita no Brasil, no Livro dos Heróis da Pátria. O PL 2.607/2022 apresentado pelo senador Esperidião Amin (PP-SC), modifica o nome do registro para Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria.

Antonieta de Barros (1901-1952) foi deputada estadual em Santa Catarina entre os anos de 1935 e 1937. Foi a primeira mulher negra a assumir mandato popular no Brasil, estando entre as três primeiras mulheres eleitas no país.

Filha de escrava liberta, Antonieta foi deputada Constituinte e pioneira no combate à discriminação dos negros e das mulheres, sendo conhecida também por suas contribuições como jornalista e professora. Ela é autora do projeto que definiu o dia 15 de outubro como dia do professor em Santa Catarina, data que só foi oficializada no calendário nacional em 1963.

Esperidião Amin explica que a inscrição de Antonieta de Barros no Livro de Heróis da Pátria é merecida, pois a parlamentar dedicou sua história na luta em prol da educação e da justiça social.

“Professora formada, tinha 17 anos quando fundou o curso particular Antonieta de Barros, com o objetivo de combater o analfabetismo de adultos carentes. Sua crença era que a educação era a única arma capaz de libertar os desfavorecidos da servidão”, diz o senador.

Mudança

O projeto também  altera a Lei 11.597, de 2007, que trata das inscrições no Livro dos Heróis da Pátria para que o nome passe a ser Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria. A inclusão dos nomes no livro se dá sempre por meio de lei.

“Além de homenagear a heroína Antonieta de Barros, a iniciativa também prestará justa homenagem a todas as brasileiras que tenham oferecido a vida à Pátria, para sua defesa e construção, com excepcional dedicação e heroísmo”, defendeu Esperidião Amin.

O projeto está em análise na Comissão de Educação (CE), onde tem como relator o senador Flávio Arns (Podemos-PR).

Por Vinícius Vicente, sob supervisão de Isabela Vilar

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Parauapebas, PA
21°
Chuva

Mín. 21° Máx. 25°

22° Sensação
1.54km/h Vento
100% Umidade
100% (17.83mm) Chance de chuva
06h22 Nascer do sol
06h44 Pôr do sol
Qui 29° 20°
Sex 27° 21°
Sáb 29° 20°
Dom 28° 21°
Seg 30° 21°
Atualizado às 08h24
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,06 -0,23%
Euro
R$ 5,51 -0,02%
Peso Argentino
R$ 0,03 -0,04%
Bitcoin
R$ 123,785,38 +0,18%
Ibovespa
113,430,54 pts 0%
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Publicidade
Anúncio