Quarta, 05 de Outubro de 2022
29°

Poucas nuvens

Parauapebas - PA

Dólar
R$ 5,18
Euro
R$ 5,17
Peso Arg.
R$ 0,03
PARÁ TEMPORAL

Moju e Tailândia ficam sem luz após temporal derrubar torre de transmissão

Mais de 40 mil pessoas foram afetadas após forte vento derrubar estrutura no domingo. No início da tarde desta segunda-feira, muitos moradores de Moju e Tailândia seguiam sem luz.

19/09/2022 às 16h06
Por: Redação Fonte: g1
Compartilhe:
| Reprodução
| Reprodução

Duas cidades paraenses estão a pelo menos 12 horas sem energia elétrica após um forte temporal derrubar uma torre de transmissão. Mais de 40 mil pessoas foram afetadas.

O temporal foi na tarde de domingo (18) e no início da tarde desta segunda-feira (19) equipes da concessionária de energia seguam trabalhando para restabelecer a luz.

"Em razão da alta complexidade das ações implementadas, ainda não há como informar uma previsão para reestabelecer o fornecimento total de energia nos municípios", informou a Equatorial.

A queda da torre afetou os municípios de Moju e Tailândia, no nordeste paraenses,após fortes rajadas de vento. Casas também foram destelhadas. Não foi informado pelas autoridades o total de danos e prejuízos nas cidades, nem a velocidade das rajadas de vento.

No início da tarde desta segunda (19), a Equatorial Energia Pará informou que em algumas comunidades a energia estava estabelecida e "que as equipes técnicas estão realizando manobras para normalizar em 100% o fornecimento de energia".

"A distribuidora lamenta pelos transtornos causados e reforça que as equipes técnicas e comercias não medem esforços para solucionar o problema o mais breve possível", informou em nota.

Ainda segundo a concessionária, geradores foram encomendados para os serviços essenciais nas cidades e devem funcionar ainda nesta segunda-feira.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários