Quinta, 07 de Julho de 2022
21°

Poucas nuvens

Parauapebas - PA

Dólar
R$ 5,43
Euro
R$ 5,53
Peso Arg.
R$ 0,04
Anúncio
ENTRETENIMENTO Entretenimento

Jornalista lança obra sobre projeção da realidade espiritual

O livro visa transmitir que a realidade física é apenas uma projeção da realidade espiritual. Também, como objetivo central, mudar alguns paradigma...

22/06/2022 às 09h25
Por: Redação Fonte: Agência Dino
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
A autora Juliana Moura desde pequena sempre teve um profundo interesse pelos mistérios ocultos que guiavam a inteligência divina. Entender o universo sempre foi seu grande objetivo. A pobreza e a dor alheia sempre lhe incomodaram e ela não conseguia entender a razão de tanta desigualdade e injustiça neste mundo que é tão rico e abundante. Acredita que sempre teve uma alma filosófica.
 
O objetivo da autora busca instigar a reflexão e o autoconhecimento e assim promover uma revolução de consciência. Este livro busca fazer com que o leitor comece a olhar para dentro, e através desse processo interior, consiga encontrar as verdadeiras respostas sobre a vida e tudo mais que tange à existência. O que é real? Os cinco sentidos são confiáveis? Quem o leitor é? Qual o sentido da vida? São apenas algumas das perguntas que sustentam o esqueleto do livro. 
 
Esta obra nasceu de um acordo que a autora havia feito com o universo em 2010. Se recebesse de presente um caderno (não poderia ser bloco de anotação e nem agenda, mas sim um típico caderno com espiral) a autora deveria escrever um livro, o que aconteceu em 2019. Neste ano, a autora começou a escrever o livro. O livro fez a autora encarar os próprios medos e crenças limitantes. A autora diz que foi uma experiência pessoal transformadora. 
 
A autora diz que foi um período intenso de produção, que passava madrugadas escrevendo e que escreveu o livro totalmente sozinha com a inspiração divina “soprando“ muitas vezes as palavras e assuntos e que acordava no meio da noite para anotar os insights que surgiam tempestivamente. Diz que foi um momento que ficou praticamente reclusa. 
 
A autora relata que sensação de escrever este livro é de missão cumprida e espera que este livro seja um agente transformador, elevando a consciência dos leitores e inspirando o melhor a fim do leitor construir um mundo muito mais justo e harmônico. 
 
O recado principal para o leitor está contido no próprio título da obra: "Você não existe". Frase dita por Jesus Cristo para ela numa das suas experiências espirituais, ou seja, a realidade como o leitor conhece hoje é, na verdade, apenas um simulador de experiências e vivências a fim de promover a consciência (processo de aprendizagem).
 
Juliana Moura é formada em Jornalismo e Relações Públicas e atuou na área por alguns anos. Porém, alguns anos depois, surgiu uma inquietação interior que acabou a levando a praticar trabalho voluntário. Desde 2013 é terapeuta voluntária na ONG Terapeutas Sem Fronteiras. Desde então, passou a estudar sobre a alma e essência humana. Fez pós-graduação em Psicologia Transpessoal (que aborda além da mente e corpo, a alma), fez vários cursos no exterior, estudou radiestesia, reiki, florais etc. E teve experiências espirituais que a possibilitaram compreender a dinâmica que existe entre o mundo oculto e a matéria, ou seja, um novo paradigma sobre a sua existência. Inclusive é sobre isto que o livro fala. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários