Domingo, 07 de Agosto de 2022
25°

Poucas nuvens

Parauapebas - PA

Dólar
R$ 5,17
Euro
R$ 5,26
Peso Arg.
R$ 0,04
Meio Ambiente TURISMO

Parauapebas desponta como atrativo turístico do Brasil

O município de 34 anos investe pesado em infraestrutura e na cadeia produtiva do ecoturismo

25/05/2022 às 19h31
Por: Redação Fonte: Ascom
Compartilhe:
Renato Rezende
Renato Rezende

Parauapebas vive um ritmo de desenvolvimento que vai na contramão de uma realidade econômica onde muitas cidades brasileiras praticamente seguram os investimentos e grandes projetos. Neste cenário, vem se consolidando como um dos municípios mais promissores do país.

Como resultado de grandes investimentos nos últimos três anos, de 19 a 21 maio, o município sediou o 3º Seminário de Governança para o Turismo, um importante evento nacional realizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) e Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial (OCBPM), com apoio da prefeitura.

O evento reuniu mais de 450 pessoas, entre autoridades, empresários e lideranças do trade turístico de todo país para trocar ideias e debater sobre a governança no setor.

“É uma satisfação enorme poder receber aqui no Pará, em Parauapebas, um evento nacional que se discute a governança no turismo. Parauapebas hoje é o centro desse debate em âmbito nacional. É um destino turístico em construção, que possui um projeto incrível de desenvolvimento para os próximos anos, transformará o município não só em um dos principais destinos de natureza, mas também de cultura do Brasil e do mundo”, afirmou o secretário de Turismo do Pará, André Dias.

De acordo com dados da CNM, o Estado do Pará possui 52 cidades com vocação turística que estão organizadas em 14 regiões e o turismo integrado é essencial para o desenvolvimento econômico social sustentável.

“Escolhemos Parauapebas, no coração da Amazônia, para trazer conhecimento, informações, lideranças políticas, técnicas, boas práticas de governança. Parauapebas investe e dá exemplo de como trabalhar o turismo e aproveitar as oportunidades. Sabendo da finitude do minério, que traz a riqueza da cidade no momento, é preciso preparar para o futuro quando esse minério acabar”, explicou Mário Augusto Nascimento, Presidente da Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial (OCBPM), ressaltando as estratégias já adotadas pelo município.

O prefeito de Canela, no Rio Grande do Sul, um dos destinos turísticos mais consolidados do Brasil, não conteve entusiasmo e durante a apresentação do seu município. “Eu estou estupefato do que eu vi aqui! Vocês têm a maior riqueza! Eu quero que esta cidade de torne a referência mundial do ecoturismo”, enfatizou Constantino Orsolin.

Atrativos

Parauapebas já desenvolve cinco rotas turísticas e aposta na Rota Carajás, como a primeira a ser conhecida mundialmente. Nela é possível conhecer um pouco da Floresta Nacional de Carajás, cavernas ferríferas, trilhas, mirantes, savana, cachoeiras e lagoas de águas cristalinas, além do Parque Zoobotanico de Carajás.

Foram dois dias de discussões durante o seminário. Mas a programação encerrou com uma imersão à experiência de desfrutar os atrativos da Rota Carajás. Na rota, será construída uma ponte suspensa em meio à floresta, percurso de arvorismo e uma das maiores tirolesas do mundo, com cerca de 2.600 metros de comprimento por 200 metros de altura, e que poderá chegar a uma velocidade de até 100 km por hora. Também faz parte do projeto, a construção de um Eco Resort, no Complexo de Cachoeira de Águas Claras – totalmente sustentável.

O prefeito de Parauapebas, Darci Lermen, destacou como um turismo integrado, trará grandes resultados para o estado. “A realização desse seminário nos traz a certeza que estamos no caminho certo, e que juntos com outros municípios, podemos construir um turismo com rotas integradas, comentou o gestor municipal anunciando que Parauapebas deve receber o primeiro Parque com Águas Dançantes ainda esse ano.

Parauapebas recebe grandes investimentos de infraestrutura como o Prosap, considerado o maior programa de saneamento da cidade e um dos maiores da região Norte. Além do Programa Municipal de Investimentos (PMI) que visa transformar Parauapebas em uma Smart City.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários