26°

Tempo limpo

Parauapebas, PA

POLÍCIA NOVA IPIXUNA

Vereador vítima de atentado relata surpresa com prisão de colega de parlamento

O atentado ocorreu na manhã do dia 13 de abril, quando Regis Santana chegava em casa e foi atingida por disparos na perna, nos braços e na cabeça.

14/06/2024 às 12h09
Por: Redação Fonte: Gazeta Carajás
Compartilhe:
Foto: Ulisses Pompeu
Foto: Ulisses Pompeu

O vereador Redvaldo Santana de Carvalho, conhecido como “Regis Santana”, vítima de um atentado a tiros em Nova Ipixuna, concedeu uma entrevista ao Portal Debate no escritório Teixeira & Freires Advogados, em Marabá, onde relatou como recebeu a notícia das prisões dos suspeitos envolvidos no crime contra sua vida. Segundo Regis Santana, ele foi informado sobre a prisão do vereador João Barros Filho, conhecido como “Joãozinho Barros”, e do pistoleiro Joildo de Sá, conhecido como “Duelo”, com surpresa, pela imprensa. A Operação Thamis, da Polícia Civil, foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (13), 60 dias após o crime.

Regis Santana afirmou que sua relação com Joãozinho Barros sempre foi cordial, destacando que ambos eram membros da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Nova Ipixuna. Até o momento, a prefeita da cidade, Dra. Graça Medeiros Matos (MDB), não se manifestou sobre o atentado ou sobre as prisões.

O advogado Diego Adriano Freires, representante de Regis Santana, afirmou que as investigações da Polícia Civil continuam e que ainda há mais pessoas envolvidas no crime contra o parlamentar que podem ser presas, incluindo o piloto da motocicleta usada pelo executor dos disparos.

Continua após a publicidade
Anúncio

Durante a operação, foram cumpridos dois mandados de prisão temporária e dois mandados de busca domiciliar. Na residência de João Barros Filho, a polícia encontrou uma pistola sem registro, diversas munições, celulares e eletrônicos. Na casa de Joildo de Sá, não foram encontrados objetos ilícitos.

O atentado ocorreu na manhã do dia 13 de abril, quando Regis Santana chegava em sua residência na Rua Cajueiro, Nº 4. A vítima foi atingida por disparos na perna, nos braços e na cabeça. Após o ataque, Regis Santana foi socorrido e levado para o Hospital Municipal de Nova Ipixuna, sendo posteriormente transferido para o Hospital Regional do Sudeste do Pará devido à gravidade dos ferimentos. Regis Santana sobreviveu e retornou ao trabalho na Câmara Municipal de Nova Ipixuna.

Regis Santana é irmão do vereador “Filho do Povão” (PP), que lidera as pesquisas de intenção de voto para prefeito de Nova Ipixuna. Os irmãos atribuíram a tentativa de assassinato a motivações políticas. Regis Santana afirmou ter avistado a caminhonete de Joãozinho Barros estacionada próximo à sua residência antes do ataque. Pouco após a partida de Joãozinho Barros, a vítima foi atacada pelos pistoleiros.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Parauapebas, PA Atualizado às 19h04 - Fonte: ClimaTempo
26°
Tempo limpo

Mín. 22° Máx. 36°

Qui 36°C 23°C
Sex 36°C 21°C
Sáb 36°C 20°C
Dom 37°C 21°C
Seg 37°C 22°C
Anúncio
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio