29°

Tempo nublado

Parauapebas, PA

Geral SAÚDE PÚBLICA

Centro de de Inclusão e Reabilitação promove capacitação em crises agressivas

O treinamento, destinado a todos os profissionais do CIIR, ensina como agir quando o reabilitando está em crise comportamental

30/11/2023 às 19h39
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

Para proporcionar ainda mais segurança no acompanhamento ao paciente, o Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação (CIIR), em Belém, iniciou nesta quinta-feira (30) o treinamento “Segurança em crises agressivas”, no auditório da instituição. Destinada a todos os profissionais do Centro de Reabilitação, a capacitação é conduzida pelo enfermeiro Bruno Cruz, coordenador do Centro Especializado em Reabilitação (CER IV).

Em formato continuado, o treinamento será realizado sempre às quintas-feiras, a fim de “atualizar e se familiarizar com as técnicas de manejo dos profissionais em situações comportamentais agressivas de nossos reabilitandos durante os atendimentos, para que não cause danos físicos tanto aos usuários, quanto aos profissionais, no momento do evento”, informou o enfermeiro. O enfermeiro Bruno Cruz ensina como atuar para evitar lesões à pessoa atendida e ao profissional

Tipos de agressão- Bruno Cruz enfatizou que a desorganização comportamental que gera uma crise pode levar a dois tipos de agressão. A primeira, que chama mais atenção, é a autolesão, quando a pessoa se mutila. “A segunda é a heterolesão, quando pessoas agridem a outrem tendo crises de comportamento. A ação de educação em saúde vai mostrar e explicar a diferença, e que no momento de vivência do profissional ele saiba conduzir e contornar o quadro clínico comportamental do reabilitando”, ressaltou Bruno Cruz.

Continua após a publicidade
Anúncio

Ainda segundo o profissional, a desorganização tem curva de crescimento. “A pessoa inicia de uma maneira mais branda, e quando não há a realização de um manejo adequado ela atinge um pico e acaba necessitando de intervenções. Quando é atingido este pico e tem as características de heterolesão, autolesão e destruição de patrimônio, as técnicas serão realizadas para intervir e garantir a segurança do usuário”, disse o enfermeiro, acrescentado que o quadro clínico de desorganização é mediante qualquer diagnóstico de deficiência intelectual.

A educação em saúde abrange terapeutas e demais profissionais integrantes do CIIR, da portaria ao Serviço de Higienização e Limpeza (SHL).

Preparação- Entre os participantes estava o maqueiro Wanildo Silva, que destacou a importância não somente de os terapeutas dominarem as técnicas, mas também toda a equipe multiprofissional. “Estar integrado a este curso é importante porque estamos no dia a dia em contato com o usuário durante os atendimentos, principalmente no meu caso, nas consultas médicas e exames ambulatoriais. A qualquer momento podemos nos deparar com situações, e devemos estar preparamos para intervir, contornar tudo com segurança e não esperar pela chegada do terapeuta”, explicou Wanildo Silva.

A acompanhante Cláudia Lobato, 33 anos, também aprovou a capacitação. Segundo ela, leva o filho Artur, 4 anos, para acompanhamento, a preparação a deixa mais confortável para os atendimentos. “Aqui, no CIIR, eu já presenciei crises, e digo que não é fácil ver uma criança ou jovem desorganizado. Mas os profissionais que aqui estão conseguem sempre contornar com exatidão. Na calma. É importante, sim, este curso, para a equipe que nos acolhe. Sabendo que estão preparados para qualquer transtorno, eu confio em trazer o meu filho para os acompanhamentos”, assegurou.

Estrutura- O CIIR é referência no Pará na assistência de média e alta complexidade às Pessoas com Deficiência (PcDs) visual, física, auditiva e intelectual. Os usuários têm acesso aos serviços do Centro por meio de encaminhamento das unidades de saúde, acolhidos pela Central de Regulação de cada município, que por sua vez, encaminha à Regulação Estadual. O pedido será analisado conforme o perfil do usuário pelo Sistema de Regulação Estadual (SER).

Serviço:O CIIR é um órgão da rede de saúde pública mantido pelo Governo do Pará. É administrado pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). O Centro funciona na Rodovia Arthur Bernardes, n° 1.000, em Belém. Mais informações: (91) 4042-2157 /58 /59.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Parauapebas, PA Atualizado às 16h10 - Fonte: ClimaTempo
29°
Tempo nublado

Mín. 20° Máx. 27°

Sáb 27°C 22°C
Dom 28°C 21°C
Seg 29°C 22°C
Ter 28°C 22°C
Qua 25°C 22°C
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio