22°

Chuvas esparsas

Parauapebas, PA

Cultura CINEMA

Cultura na Praça lança dois filmes produzidos por moradores de Serra Pelada

Os curtas-metragens foram gravados durante a oficina de cinema do projeto Cultura na Praça. O lançamento será neste domingo, 2 de abril, na Praça da Juventude.

31/03/2023 às 14h38
Por: Redação Fonte: Aretha Fernandes
Compartilhe:
Cultura na Praça lança dois filmes produzidos por moradores de Serra Pelada

A história do distrito de Serra Pelada, em Curionópolis, localizado a quase 700 quilômetros da capital paraense, já foi contada em filmes, livros, reportagens e trabalhos fotográficos. Neste domingo (2/4), às 18 horas, uma sessão especial de cinema promete marcar mais um capítulo da história do local: o despertar dos moradores para criar e contar e as próprias narrativas.

No dia 2 de abril, o projeto Cultura na Praça, que conta com o patrocínio do Instituto Cultural Vale, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, montou uma tela de cinema na quadra coberta da Praça da Juventude para a sessão especial de cinema para os moradores do distrito. Serão exibidos os dois curtas-metragens resultados das oficinas de cinema realizadas em Serra Pelada.

Os filmes “O diário de Hannah” e “Histórias que inspiram” são criações dos moradores do distrito, desde a escolha do roteiro até a edição dos vídeos. Tudo foi feito a partir das orientações que eles receberam durante os quatro dias de oficina, uma para adolescentes e jovens de 13 a 19 anos e outra para pessoas com 45 anos ou mais.

Continua após a publicidade
Anúncio

Vitória da Silva Conceição, de 19 anos, já havia participado do projeto em 2021 e voltou para ter uma nova experiência nesta edição. “Foi uma experiência incrível porque eu participei do projeto pela segunda vez. Mas, agora, como atriz, porque eu atuei bastante em algumas cenas. Eu queria ter essa experiência novamente e gostei de tudo. Eu fiquei na parte de atuação, operadora de áudio e na claquete”, contou ela.

A dona de casa Maria de Lourdes Pereira, de 55 anos, também gostou da experiência. “Quem me motivou a participar foi o meu filho Reginaldo, que esteve na edição anterior e na de agora. Eu gostei demais”, afirmou Maria.

Ela e outros sete moradores de Serra Pelada são os participantes adultos desta edição do projeto, sendo que Curionópolis foi o único dos quatro municípios paraenses, beneficiados pelo projeto em 2023, que recebeu uma oficina dedicada a pessoas com 45 anos ou mais. Em Canaã dos Carajás, Parauapebas e Ourilândia do Norte, todos no sudeste do Estado, as oficinas envolveram adolescentes e jovens.     

Para o cineasta e coordenador do projeto, Cris Azzi, quem assistir aos curtas-metragens perceberá um desejo comum entre os dois grupos da oficina, apesar da diferença de faixa etária: o de reconstrução da identidade local.

“Serra Pelada é formada por pessoas que vieram praticamente do Brasil inteiro. E isso, no Cultura da Praça, acaba refletindo em um conjunto muito diverso, rico e colorido dessas histórias e culturas que se encontram ali. Em relação à faixa etária, o que a gente percebe é que, claro, de alguma forma, alguns estão um pouco mais ligados ao passado, mas o que une todo esse processo é, sem dúvida, perceber que existe um desejo de reconstrução de identidade e de perspectiva de futuro para a comunidade”, comentou Cris.

Aprendizados geram oportunidades de trabalho

Lembra da Maria de Lourdes que foi incentivada pelo filho a participar da oficina? Então, esse jovem é o Reginaldo Pereira da Silva, de 19 anos. Ele é um dos onze moradores de Serra Pelada que participaram da quarta edição do projeto, sendo que alguns deles estão vivenciando a experiência pela segunda vez. Da primeira experiência, Naldo, como é mais conhecido, já colhe bons frutos.

“Amei ter participado dessa edição e, através dela, pude obter mais conhecimentos na área de audiovisual, algo que me ajuda bastante na minha área de trabalho. Aliás, através do Cultura na Praça, tive inspirações para criar uma produtora de comunicações aqui da vila. Ela é constituída por jovens, a maioria já participou do Cultura na Praça”, disse Reginaldo.

A exemplo de Reginaldo, Gabriel Vieira Santos, de 17 anos, que participou do projeto em 2021 e 2023, fez dos aprendizados parte do seu ofício. “Hoje em dia, eu trabalho fazendo registros fotográficos para uma empresa que está na região, e eu digo que o Cultura na Praça foi o pontapé inicial para que eu começasse a me voltar pra esse mercado. Eu sou bastante feliz por conseguir trabalhar com isso”, confessou o jovem.

Os filmes produzidos em Serra Pelada e nos demais municípios que receberam as oficinas do Cultura na Praça também serão lançados no Cine Babaçu, plataforma virtual que reúne 25 produções feitas nas edições passadas do Cultura na Praça e que pode ser acessada pelo endereço www.culturanapraca.art.br. 

O que é o projeto

Criado pela Vivas Esporte Cultura em 2017, o Cultura na Praça é um festival itinerante de cinema que já rodou cerca de 22 mil quilômetros pelo interior do Pará e do Maranhão, alcançando mais de 40 mil pessoas. O projeto busca democratizar o acesso à cultura e fomentar a valorização do patrimônio cultural material e imaterial nos municípios beneficiados.

O projeto Cultura na Praça é patrocinado pelo Instituto Cultural Vale, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, tem o apoio do Centro Cultural Tatajuba e é realizado pela Vivas Cultura e Esporte, Ministério da Cultura, Governo Federal - União e Reconstrução.

Ficha técnica dos filmes que serão lançados em Serra Pelada (Curionópolis)

Filme: O diário de Hannah

Sinopse: o perigo mora dentro da casa de Hannah e suas palavras parecem não ser ouvidas.

Participantes da oficina:

Agila Ozorio da Silva; Bianca Barros; Briccyo Oliveira; Carllos Henryque; Daniel Reis; Gabriel Vieira; Kawany Castro; Maria Rita Ozorio; Naldo Silva; Nickison Lorran e Vitória Silva

Elenco: Arthur - Gabriel Vieira; Catarina - Vitória Silva; Fernando - Naldo Silva;  Hannah - Maria Rita Ozorio; Jorginho - Briccyo Oliveira; Mãe - Mariza Lopes; Magno - Carllos Henryque e Simon - Nickison Lorran

Figuração:

Agila Ozorio da Silva e Daniel Reis

 

Filme: Histórias que inspiram

Sinopse: Em Serra Pelada existem milhares de histórias inspiradoras. Zé Branquinho e Maria Batista compartilham momentos marcantes de suas vidas.

Participantes da oficina: Edson Luiz; Eté Agripeiro; Francinete Santos; Lenilde; Maria Batista; Maria de Lourdes Pereira; Maria Martins; Zé Branquinho

Personagens:

Maria Batista e Zé Branquinho

Elenco: Duda Maria; Eté Agripeiro; Maria Liz e Odailha Carneiro

Serviço

O quê? Exibição gratuita dos filmes produzidos por moradores de Serra Pelada durante a oficina de cinema do projeto Cultura na Praça.

Quando? 2 de abril (domingo), às 18 horas.

Onde? Na quadra coberta da Praça da Juventude.

Quanto custa o ingresso? É de graça!

Para dúvidas e mais informações: e-mail cultnapraca@gmail.com ou WhatsApp (99) 99211-7888.            

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
CURIONÓPOLIS - PA
CURIONÓPOLIS - PA
Sobre o município Curionópolis é um município brasileiro do estado do Pará. Localiza-se estatisticamente na Região Geográfica Intermediária de Marabá e na Região Geográfica Imediata de Parauapebas. Possui uma população estimada de 17.846 habitantes distribuído em 2.369 km² de extensão territorial. O município é notório por abrigar o distrito de Serra Pelada, que foi o local de operações do maior garimpo a céu aberto do mundo, durante a década de 1980.
Parauapebas, PA Atualizado às 02h05 - Fonte: ClimaTempo
22°
Chuvas esparsas

Mín. 22° Máx. 31°

Sex 31°C 23°C
Sáb 30°C 22°C
Dom 29°C 22°C
Seg 27°C 22°C
Ter 24°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio