23°

Tempo nublado

Parauapebas, PA

Geral Pará

Diretor da NICFI da Noruega conhece Centro Integrado de Monitoramento Ambiental e fala sobre parcerias no Pará

Por Aline Saavedra (SEMAS)25/03/2023 16h18O diretor da Iniciativa Internacional de Clima e Floresta da Noruega (NICFI), Andreas Dahi Jorgensen, esteve reunido neste sábado (25), com a equipe da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Sem

25/03/2023 às 16h30
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Crédito: Alex Ribeiro / Ag. Pará
Crédito: Alex Ribeiro / Ag. Pará

O diretor da Iniciativa Internacional de Clima e Floresta da Noruega (NICFI), Andreas Dahi Jorgensen, esteve reunido neste sábado (25), com a equipe da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) para conhecer o Centro Integrado de Monitoramento Ambiental (Cimam). Na oportunidade, ele dialogou sobre as parcerias existentes e futuros apoiamentos em favor da natureza.

Atualmente, a Noruega atua conjuntamente com a Semas na estruturação do sistema jurisdicional de Redução de Emissões provenientes de Desmatamento e Degradação Florestal (Redd+). Já o NICFI é utilizado por técnicos treinados do Cimam que monitoram diariamente as áreas onde o desmatamento pode ocorrer, com base em análises de imagens via satélite a fim de frear o aumento da devastação e, principalmente, prevenir que novos crimes ocorram.

Crédito: Alex Ribeiro / Ag. Pará
Crédito: Alex Ribeiro / Ag. Pará
Nos últimos 90 dias, por exemplo, os dados mostram que as 10 células com maior incidência de desmatamento na Amazônia estão fora do Pará, demonstrando a eficácia de ações integradas e permanentes de enfrentamento aos ilícitos ambientais, especialmente o desmatamento, pela operação Curupira, que se soma ao trabalho já realizado pela operação Amazônia Viva. 

Continua após a publicidade
Anúncio

Na reunião, o secretário de meio ambiente e sustentabilidade do Pará, Mauro O’de Almeida, apresentou as metas propostas pela gestão que podem receber incentivos por meio da ampliação da parceria com o governo norueguês. O Cimam em breve ganhará um novo espaço e com isso a ampliação do vídeo all. É uma das ações que podem ser fortalecidas com a cooperação. 

Crédito: Alex Ribeiro / Ag. Pará
Crédito: Alex Ribeiro / Ag. Pará
“Apresentamos também as nossas necessidades de verificação do Cadastro Ambiental Rural, pois apesar de termos 85% das áreas que podem ser cadastradas já  no sistema, é necessário fazer o máximo de validação do Cadastro, o que será muito importante para o programa de restauração florestal e para a bioeconomia", citou o secretário. Além disso, foi colocada a necessidade de melhor estruturação do Corpo de Bombeiros do Pará que atua fortemente no combate a incêndios florestais. “A expectativa que nós temos é para um novo momento do Fundo Amazônia, em que podemos receber a ajuda para a elaboração de projetos, no reforço de equipamentos para o Corpo de Bombeiros e também no Plano de Bioeconomia, com a escola da floresta, parque de bioeconomia, por exemplo”, informou o secretário.

Crédito: Alex Ribeiro / Ag. Pará
Crédito: Alex Ribeiro / Ag. Pará
O fortalecimento dos equipamentos das equipes de fiscalização ambiental também foi pauta da reunião. “No futuro iremos fazer concurso público para que todos os Núcleos Regionais (Nures) possam ter equipes de fiscalização, para isso, teremos que proporcionar meios de trabalho”, anunciou Mauro O’de Almeida. 

Andreas Dahi Jorgensen, disse estar contente com o trabalho visto no local, reconheceu a importância estratégica do Pará não somente para a Amazônia, mas para o mundo e os avanços que a gestão paraense tem feito.

Crédito: Alex Ribeiro / Ag. Pará
Crédito: Alex Ribeiro / Ag. Pará
“Hoje foi uma experiência muito boa aqui. Há novas metas de missões, e o centro de serviços (monitoramento) é muito importante para nós. O estado do Pará, por muitos anos, vem enfrentando o desmatamento e agora possui uma ambição muito grande para a redução. Estamos aqui, reunimos com entes do governo federal, com o governador do Pará, então queremos apoiar. Fico muito impressionado com a comissão dedicada às causas ambientais que atendem a pauta ambiental”, concluiu Andreas mencionando o nome da ministra do meio ambiente e mudança do clima, Marina Silva e a ministra dos povos originários, Sonia Guajajara. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Parauapebas, PA Atualizado às 23h24 - Fonte: ClimaTempo
23°
Tempo nublado

Mín. 22° Máx. 28°

Qua 27°C 22°C
Qui 28°C 22°C
Sex 28°C 22°C
Sáb 27°C 22°C
Dom 29°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio