°

PARAUAPEBAS LEGISLATIVO EM AÇÃO

Central do SAMU, de Oftalmologia e programa para pessoas com câncer são solicitados por vereadores de Parauapebas

Os vereadores de Parauapebas apresentaram três indicações visando melhorias na área da saúde do município durante sessão ordinária nesta terça-feira (21).

22/03/2023 às 15h23
Por: Redação Fonte: Nayara Cristina/AscomLeg
Compartilhe:
Foto: Elienai Araújo
Foto: Elienai Araújo

Os vereadores de Parauapebas apresentaram três indicações visando melhorias na área da saúde do município durante sessão ordinária nesta terça-feira (21).

Desconto em imposto e centro oftalmológico

O vereador Israel Miquinha (PT) apresentou a Indicação nº 72/2023, solicitando ao Poder Executivo a implantação de um programa que conceda descontos e isenções no Imposto Territorial e Predial Urbano (IPTU) para as pessoas diagnosticadas com câncer, enquanto durar o tratamento.

Continua após a publicidade
Anúncio

Em sua justificativa, o vereador argumenta que “o tratamento oncológico, acarreta gastos imediatos que a maioria das pessoas diagnosticadas com câncer não pode arcar, nem tão pouco conciliar com as demais despesas do núcleo familiar”.

“Diante das necessidades inerentes à doença, o tratamento requer o deslocamento contínuo dos pacientes aos hospitais em outros municípios, uma vez que nossa rede de saúde não dispõe de estrutura e pessoal para a realização dos procedimentos necessários, principalmente as sessões de quimioterapia e radioterapia”, completa.

Miquinha apresentou ainda a indicação, de número 73/2023, para a construção do Centro Municipal de Referência em Oftalmologia. Para ele, a ação “vai oferecer mais conforto e atendimento humanizado aos pacientes que precisam se deslocar a outras cidades para realizarem tratamento oftalmológico”.

Central de Regulação do SAMU

Já o vereador Léo Márcio (Pros) apresentou Requerimento nº 12/2023 para que a Mesa Diretora envie ofício ao Ministério da Saúde, com cópias para o deputado federal Keniston Braga e para o deputado estadual Ivanaldo Braz, solicitando a implantação de uma Central de Regulação do Samu no município, com bases descetralizadas nas regiões da VS-10 e da Palmares, além da dispobilização de motolâncias para agilizar o atendimento.

Ele lembrou que, atualmente, a Central que regula o Samu no município está sediada em Marabá, e destacou o grande número de acidentes de trânsito em Parauapebas, uma vez que a frota de veículos do município só é menor do que a da capital, Belém.

“É extremamente necessário que se tenha uma Central Regional de Regulação do Samu instalada em Parauapebas. Esse órgão aqui posto poderá atender de maneira mais ágil e eficaz este município e os circunvizinhos”, justificou.

As indicações e o requerimento foram aprovados por unanimidade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários