22°

Tempo nublado

Parauapebas, PA

Geral Pará

Fundação ParáPaz garante acolhimento psicossocial às vítimas de sequestro

Por Nathalia Mota (PARAPAZ)10/03/2023 16h12Um dia após o sequestro sofrido por uma mulher e três crianças, o qual foram mantidas como reféns por 17 horas na avenida Augusto Montenegro, em Belém, a equipe da Fundação ParáPaz esteve na residência das vítima

10/03/2023 às 16h25
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

Um dia após o sequestro sofrido por uma mulher e três crianças, o qual foram mantidas como reféns por 17 horas na avenida Augusto Montenegro, em Belém, a equipe da Fundação ParáPaz esteve na residência das vítimas para garantir o acolhimento psicossocial, com a assistente social e a psicóloga.

Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação
A psicóloga Raphaela Vieira, que, neste primeiro momento, conversou e ouviu a vítima, disse que a família está abalada psicologicamente devido aos momentos de tensão vividos durante o assalto. Ela também apresentou os serviços ofertados pela Fundação ParáPaz e explicou de que forma será feito o acompanhamento a partir deste momento.

"Os atendimentos especializados e individuais já foram agendados, tais como consulta pediátrica e exames laboratoriais para as crianças. A proposta do acolhimento é que as vítimas possam superar as angústias geradas por conta do estresse do assalto, fazendo com que mãe e os filhos retornem, com o tempo, às suas rotinas diárias, como trabalho, escolas, passeios", explicou Raphaela.

Continua após a publicidade
Anúncio

As crianças serão atendidas pelo polos ParáPaz CPC Polícia Científica e ParáPaz Santa
Casa, integrados à Delegacia Especializada no Atendimento a Criança e ao Adolescente, onde passarão por exames. Já a mãe, foi encaminhada para a unidade ParáPaz Mulher, em Belém.

Ainda segundo a psicóloga, durante o acolhimento, foi notado o cansaço da mãe, relatando não ter conseguido ainda dormir, além de verbalizar o medo de ser perseguida pelo assaltante, pois viveu momentos de muita angústia e que muitas vezes precisou interceder para que o criminoso não ferisse seus filhos, os protegendo com as mãos, até se ferindo com a faca.

Alberto Teixeira, presidente da Fundação ParáPaz, enfatizou o compromisso do governo do Estado. "As profissionais são capacitadas para realizar o atendimento especificamente nesse tipo de caso, tanto na abordagem com a mulher, quanto com as crianças, e o governo do Estado, por meio da Fundação ParáPaz, vai assegurar que a família receba todo o apoio necessário"

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Parauapebas, PA Atualizado às 02h14 - Fonte: ClimaTempo
22°
Tempo nublado

Mín. 22° Máx. 31°

Sex 24°C 21°C
Sáb 30°C 21°C
Dom 31°C 22°C
Seg 29°C 22°C
Ter 25°C 21°C
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio