Terça, 06 de Dezembro de 2022
23°

Poucas nuvens

Parauapebas - PA

Dólar
R$ 5,24
Euro
R$ 5,48
Peso Arg.
R$ 0,03
ENTRETENIMENTO Entretenimento

Campanha ‘Bem Me Quer, Bem Me Quero’ alerta para a valorização do autocuidado

Com o tema “Cuidar da sua saúde mental é um exercício diário”, iniciativa chama atenção para o excesso de autocobrança e busca da perfeição nas red...

26/09/2022 às 13h10
Por: Redação Fonte: Agência Dino
Compartilhe:

O equilíbrio e o autocuidado são fundamentais no cotidiano, seja no âmbito profissional ou na vida pessoal. As consequências para a saúde mental por conta da pandemia da Covid-19 já são visíveis. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), houve um aumento de 25% na prevalência de ansiedade e depressão em todo o mundo. No dia a dia, autocobrança excessiva, pressões e aumento de demanda impostos ainda pela Covid-19, somados às longas horas de exposição a qualquer tipo de aparelho eletrônico, contribuíram para a propensão a transtornos como ansiedade e depressão.

A Viatris e a Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos (ABRATA) lançam, pelo segundo ano consecutivo, a campanha “Bem Me Quer, Bem Me Quero: Cuidar da sua saúde mental é um exercício diário”. Com o objetivo de conscientizar a população sobre depressão, ansiedade e prevenção ao suicídio por meio da valorização do autocuidado e do equilíbrio na rotina, a campanha acontece durante o Setembro Amarelo – mês voltado à prevenção ao suicídio.

“O cérebro humano só se dedica a uma atividade por vez, colocando as demais funções em automático. Por isso, é preciso estabelecer pausas, tanto na rotina pessoal quanto na profissional”, explica a neurologista e diretora médica da Viatris, Elizabeth Bilevicius.

Menos autocobrança e tempo nas telas

Algumas atitudes podem fazer a diferença e contribuir para a saúde mental, como não ficar o tempo todo conectado à internet, estabelecer horários, evitar bebidas cafeinadas em excesso e optar por uma alimentação equilibrada.

De acordo com a OMS, o Brasil lidera o ranking de casos de depressão na América Latina – mais de 11,5 milhões de brasileiros sofrem com a doença – e ocupa o topo do mais ansioso do mundo - cerca de 19 milhões de pessoas têm transtorno de ansiedade no país. 

Marta Axthelm, presidente da ABRATA, comenta. “A autocobrança para dar conta de tantos papéis, principalmente para as mulheres, – profissional, mãe, parceira, amiga – no dia a dia pode ser um gatilho para a depressão. É essencial reduzir o tempo de acesso às redes sociais, principalmente no período da noite. No caso da depressão, a condição pode apresentar muito sono, mas tem o outro lado, que é a insônia”.

Campanha traz mensagens de apoio

A campanha da ABRATA e da Viatris oferece ao público um hotsite (www.bemmequerbemmequero.com) com informações sobre depressão, ansiedade e suicídio, com textos, dicas, perguntas frequentes sobre os temas, mitos e verdades que podem auxiliar quem está passando pelo problema ou conhece alguém nesta condição. A iniciativa adotou o girassol como o símbolo da vida, que, assim como os seres humanos, precisa do apoio de todo o ecossistema para se manter firme todos os dias.

A campanha terá ainda a exibição de um vídeo em salas de cinema de diversas cidades durante o mês de setembro com um depoimento sobre a rotina de uma pessoa com depressão e a importância do equilíbrio como uma forma de cuidar da saúde mental.

A depressão costuma manifestar sinais, mas na maioria dos casos o paciente não percebe. Já no caso do suicídio, quem pensa em tirar a própria vida quase sempre dá sinais, mas boa parte das pessoas que estão ao seu redor não consegue identificá-los. "Por isso, o Setembro Amarelo é tão importante para debater esses temas. Mais uma vez reforçamos nosso papel em promover iniciativas que despertam a conscientização do autocuidado em prol da saúde mental e que também estimulam a população a olhar ao redor para identificar que alguém próximo precisa de ajuda”, finaliza Marta Axthelm.

O filme está disponível no canal do YouTube da Abrata: https://m.youtube.com/watch?v=XL1CsijmDL

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários