Quinta, 26 de Maio de 2022
24°

Pancada de chuva

Parauapebas - PA

Dólar
R$ 4,77
Euro
R$ 5,12
Peso Arg.
R$ 0,04
Geral Pará

Obras avançam na PA-220, a Transmaú, no nordeste paraense

O trecho 1 da rodovia (22 km) foi entregue à população pelo governo do Estado no dia 14 de abril de 2022

13/05/2022 às 15h46
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará

Foto: Agência Pará
Com  42 quilômetros de extensão a PA 220, a Transmaú, continua em obras de construção e pavimentação. A obra segue a partir do quilômetro 22 da rodovia- que está asfaltada  e entregue à população-ao entroncamento da PA 395. São mais 20 quilômetros de asfalto para a estrada, que recebe instalação de sistema de drenagem de águas pluviais, construção de base- sub-base, acostamento asfaltamento, e ao final sinalização de trânsito horizontal e vertical.  

Cerca de três quilômetros do lote 2 da PA 220 estão asfaltados no trecho da vila da Matapiquara, ao lado da vila de Cristolância, onde mora o agricultor aposentado Francisco Lima, que ainda custa a crer que o sonho antigo dos moradores da região esteja sendo realizado. “Um sonho antigo nosso aqui, não só de Cristalândia, mas de todas as vilas, pois sempre foi prometido, mas nunca chegou aqui, e estou esperando chegar na porta da minha casa, pois já está em Matapiquara”, disse o aposentado.

Foto: Agência Pará
No trecho da vila de Cristolândia a PA 220 também está em obra de construção de uma ponte de concreto armado sobre o rio Marapanim, de 70 metros de extensão. A obra tem investimento de mais de R$ 2 milhões, que foi iniciada em dezembro de 2021 e tem prazo de conclusão de 365 dias.

Com 42 quilômetros de extensão a PA 220 ao final da obra do trecho 2 a estrada estará totalmente construída e asfaltada. Um investimento do governo do Estado de mais de R$ 38 milhões, “É o Governo do Estado tirando as pessoas da lama no inverno, da poeira no verão, garantindo acessibilidade a quem precisa escoar sua produção, ir ao trabalho, à escola, precisa  chegar ao serviço de saúde, enfim, garantindo o direito de ir e vir do cidadão com segurança”, pontua o titular da Secretaria de Estado de Transportes (Setran), Adler Silveira. 

Por Kátia Aguiar (SETRAN)
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários