23°

Parcialmente nublado

Parauapebas, PA

Geral MEIO AMBIENTE

Pará registra 21% de redução no desmatamento e tem menor área desmatada desde 2019

A redução do desmatamento no Pará, não apenas reflete o compromisso do governo com a preservação ambiental e o desenvolvimento sustentável da regiã...

15/05/2024 às 14h39
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Crédito: Pedro Guerreiro / Ag. Pará
Crédito: Pedro Guerreiro / Ag. Pará

O Pará apresentou uma redução de 863 km² de área desmatada na comparação entre 2022 e 2023, segundo dados oficiais do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). No ano de 2022, a área total era de 4.162 km² e em 2023 é de 3.299 km², a menor área desmatada registrada pelo Inpe no estado desde 2019. Os dados garantem uma queda de 21% no desmatamento, conforme o Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (Prodes).

Os índices são referentes ao desmatamento verificado por satélite no ano Prodes 2023, que vai de agosto de 2022 a julho de 2023, e confirmam a expectativa de redução que o Governo do Estado projetava para o período.

"Em maio nos deparamos com uma das maiores tragédias climáticas do nosso país. É hora de construirmos novos compromissos e paradigmas contra o desequilíbrio climático. A significativa redução do desmatamento no Pará, não apenas reflete nosso firme compromisso com a preservação ambiental e o desenvolvimento sustentável da região, como também ressalta os avanços concretos alcançados em nossos esforços de conservação. Os dados são resultados da estratégia coordenada entre os órgãos ambientais e de segurança do Governo do Estado. Esse trabalho tem sido essencial. Com a continuidade de nossas ações, estamos comprometidos em combater o desmatamento ilegal em nosso Estado. As urgências climáticas exigem de todos nós uma construção baseada na natureza", destaca Helder Barbalho, governador do Pará.

Continua após a publicidade
Anúncio

O Prodes utiliza imagens de satélites Landsat para detectar desmatamentos por corte raso e degradação progressiva, como árvores completamente destruídas por incêndios. A taxa de desmatamento é divulgada anualmente desde 1988 e é medida sempre de agosto de um ano a julho do ano seguinte.

"A estimativa para o Estado do Pará era de 3.272 km² no final do ano passado e o dado final ficou em 3.299 km². A diferença entre 2023-2022 é de 21%, o mesmo índice com que estávamos trabalhando", afirma o secretário de meio ambiente e sustentabilidade do Pará, Mauro O’de Almeida.

Ainda conforme o titular da Semas, a queda do desmatamento no Pará é reflexo da eficácia da política ambiental do Estado, como as ações ostensivas de combate a ilícitos ambientais, a Operação Curupira e a Operação Amazônia Viva. "A redução do desmatamento no Pará é um indicador claro da eficácia das políticas ambientais que estamos implementando. Nossas ações ostensivas de combate aos ilícitos ambientais, como as operações Curupira e Amazônia Viva, estão dando resultados cada vez mais expressivos. Essas medidas não apenas protegem nosso ecossistema, mas também dão suporte e segurança para o desenvolvimento sustentável em nosso estado. Os números que estamos vendo hoje são fruto direto das ações do governo do estado. Estamos comprometidos em continuar avançando nessa direção, buscando sempre aliar o desenvolvimento econômico e a preservação ambiental", explica.

"Desde 2020 passou a ocorrer redução do percentual de aumento nas taxas de desmatamento do estado, alcançando em 2020 diminuição de 17% em relação a 2019, e em 2021 7% em relação a 2020. Esses dados já indicavam tendência de redução do desmatamento, o que se confirmou em 2022, quando a redução foi de 21%, e se consolida em 2023 com nova redução de 21%", completa o secretário.

O combate ao desmatamento tem proporcionado a redução gradativa do desmatamento no estado desde a implementação do Plano Estadual Amazônia Agora (PEAA), graças às operações de fiscalização e combate aos ilícito ilegal, ‘Amazônia Viva’ e ‘Curupira’.

Redução de 45% em 15 municípios

Ainda conforme os dados do Prodes, os 15 municípios incluídos no Decreto de Emergência Ambiental, instituído pelo governador Helder Barbalho, tiveram redução de 45% em relação ao período anterior (agosto de 2021 a julho de 2022).

Altamira, Anapu, São Félix do Xingu, Pacajá, Novo Progresso, Itaituba, Portel, Senador José Porfírio, Novo Repartimento, Uruará, Rurópolis, Placas, Trairão, Jacareacanga e Medicilândia, que estão no foco da Operação Curupira, de combate ao desmatamento, apresentaram, juntos, redução total em área equivalente a 1.531 km².

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Parauapebas, PA Atualizado às 21h05 - Fonte: ClimaTempo
23°
Parcialmente nublado

Mín. 22° Máx. 31°

Sáb 32°C 22°C
Dom 32°C 22°C
Seg 32°C 23°C
Ter 29°C 22°C
Qua 30°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio