Domingo, 27 de Novembro de 2022
28°

Pancada de chuva

Parauapebas - PA

Dólar
R$ 5,40
Euro
R$ 5,62
Peso Arg.
R$ 0,03
POLÍCIA SE DERAM MAL

Polícia prende em Mosqueiro, dupla que fraudava cartões de crédito para compras em lojas virtuais

Com a dupla, foram apreendidos diversos produtos, incluindo um drone, avaliado em mais de R$50 mil, diversos celulares, notebooks e CPU.

08/11/2022 às 17h13 Atualizada em 08/11/2022 às 18h40
Por: Redação Fonte: g1
Compartilhe:
| Reprodução
| Reprodução

Duas pessoas foram presas nesta terça-feira (8) por crimes de fraude virtual e invasão de dispositivo informático, na operação "Papel Fantasma", que também deu cumprimento a mandados busca e apreensão no distrito de Mosqueiro, em Belém.

O trabalho policial investiga a ação de criminosos que estariam invadindo contas de clientes de uma plataforma de comércio eletrônico pela internet. Com a dupla, foram apreendidos diversos produtos, incluindo um drone, avaliado em mais de R$50 mil, diversos celulares, notebooks e CPU.

O grupo roubava dados de cartões de crédito de usuários do site e realizavam compras de produtos eletrônicos de valores elevados. Após as compras, os endereços para as entregas dos produtos eram alterados para uma vila localizada próxima à praia do Chapéu Virado, em Mosqueiro.

As investigações apontam que os hackers utilizam técnicas de invasão para conseguirem entrar no sistema da empresa e inseriam nomes e endereços falsos para a compra de produtos com os cartões das vítimas.

Os endereços cadastrados pelos criminosos eram errados, confusos ou incompletos, propositalmente para dificultar a real localização do grupo. Após não encontrar o endereço, a empresa de entrega era obrigada a entrar em contato telefônico com os criminosos, que informavam o local onde os produtos seriam entregues.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários