Risco de cair em golpes virtuais no Pará aumentam, alerta Polícia Civil

A rede que reúne e aproxima o mundo inteiro também oferece riscos, principalmente de crimes cibernéticos. Além dos crimes de estelionato, furto, falsa identidade e falsidade ideológica, há também os delitos contra a honra, que aumentaram quantitativamente durante a pandemia.

Segundo a Divisão de Combate a Crimes Contra Direitos Individuais Praticados Por Meios Cibernéticos (DCDI), o tempo das pessoas conectadas à internet aumentou durante a pandemia, e criminosos se aproveitaram disso.

A clonagem de WhatsApp, teve um aumento significativo. O criminoso clona o número de celular e consegue ter acesso às mensagens, além de ter acesso a senhas e aplicativos bancários.

Há ainda os sites falsos, que simulam um ambiente oficial de instituições, e neles os usuários se cadastram achando que estão participando de um leilão oficial e arrematam um item, no final percebem que foram vítimas de um golpe.

Além de invasão de dispositivo e falsa identidade, com o criminoso se passando por alguém e entrando em contato com as pessoas próximas da vítima, com o intuito de obter vantagem financeira. Todas as ações mencionadas tem como objetivo de enganar a vítima e obter vantagens financeiras.

Quem for vítima de um desses crimes deve registrar boletim de ocorrência, que pode ser feito presencialmente na delegacia mais próxima ou pela internet, pela Delegacia Virtual.

Romanews

ULTIMAS NOTÍCIAS

Bom dia segunda-feira! Rodapé (06.12.21) – Comece o dia bem informado!

Separamos as principais notícias de nossa região para você começar a segundona (06.12) por dentro de tudo! Resumo: Começa a valer hoje o passaporte obrigatório

Odontologia do Hapvida realiza encontro com dentistas da rede em São Paulo

A Odontologia do sistema Hapvida, realizou um encontro com dentistas de sua rede credenciada, no último dia 30, em São Paulo, capital. Estiveram presente profissionais

Jonas Conrado abre o jogo e diz que Adonei é o verdadeiro dono de site que ataca Mariana

A página que frequentemente faz ataques baseados em afirmações falsas contra a prefeita de Curionópolis, Mariana Chamon, pertence ao ex-prefeito da cidade, Adonei Aguiar, que

Família de Dayse, funcionária pública assassinada pelo marido, quer que julgamento seja em Parauapebas

Familiares e advogada da funcionária pública Dayse Dyana Sousa e Silva, 35 anos, assassinada em 2019 por seu esposo o pronunciante, o agente de trânsito

Natal dos Sonhos: ação social dá início às festividades em Parauapebas

É com o espírito de solidariedade que se inicia a programação oficial do Natal dos Sonhos, realizado pela Prefeitura de Parauapebas, afinal de contas, dezembro

Mais de 240 famílias de Marabá recebem títulos de propriedade registrados em cartório

Na agenda de trabalho no município, o governador Helder Barbalho também entregou recursos para melhoria estrutural em 240 moradias. Títulos já registrados em cartório foram