Polícia Civil incinera 600 quilos de drogas apreendidos nos últimos três meses

A Polícia Civil incinerou, nesta quarta-feira, 28, cerca de 600 quilos de drogas apreendidas ao longo dos últimos três meses, como resultados de operações policiais realizadas na capital e interior do Estado. A incineração foi realizada, pela manhã, na sede de uma indústria de cerâmica, localizada no município de Marituba, na região metropolitana de Belém. As drogas apreendidas foram conduzidas da sede da Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos) para a indústria, onde gradualmente foram jogadas nos fornos da cerâmica. O procedimento de incineração foi autorizado pela Justiça.

Do total, explica o delegado Hennison Jacob, diretor da Denarc, foram queimados 550 quilos de maconha e derivados, e o restante de cocaína. O policial civil ressalta que a incineração é o resultado final do trabalho desenvolvido pelas Polícias Civil e Militar e Guarda Municipal no combate ao tráfico de drogas.

Conforme o delegado, na nova lei que trata sobre incineração de drogas, o juiz já determina no próprio auto de prisão em flagrante por tráfico a destruição das drogas. A Denarc do Pará é a primeira da região norte do Brasil. Atua no combate ao crime organizado e dá suporte à repressão ao tráfico de drogas. O delegado destaca a desproteção dos 15 mil quilômetros de fronteiras do Pará, o que favorece a entrada de drogas vindas dos países produtores, como Colômbia e Bolívia

ULTIMAS NOTÍCIAS

Florindo o Mundo certifica mulheres e realiza aula inaugural para 2ª turma

“Uma grande capacitação que a prefeitura fez. Foram 50 mulheres capacitadas pelo Florindo o Mundo. Estou feliz e quero só agradecer pela oportunidade de estar

Um homem morre e outro fica gravemente ferido após avançarem sinal em Parauapebas

Um homem ainda não identificado morreu e outro, até o momento também sem identificação, está internado em estado grave no Hospital Municipal de Parauapebas, em

Pescado de Parauapebas está livre da doença “da urina preta”

Queda em mais de 90% nas vendas e prejuízo de quase R$ 3 milhões para toda a cadeia produtiva do peixe em Parauapebas desde o

CPI da Vale: Executivos de áreas sociais deixam perguntas sem respostas

A Vale registrou lucro líquido de R$ 30,56 bilhões no primeiro trimestre de 2021 e R$ 26 bilhões no ano de 2020. O Pará responde

Como a Lei Geral de Proteção de Dados se aplica ao setor de food service

Com sanções em vigência desde 1º de agosto último, a Lei Geral de Proteção de Dados – conhecida pela sigla LGPD – se aplica tanto

Mulher mata marido com facada no peito em Santarém

Um desentendimento familiar que culminou na morte de um homem. A motivação ainda é desconhecida. O crime chocou familiares e os moradores da região.  Uma