Polícia Civil apreende dez toneladas de peixes e carne de jacaré em Breves

A Polícia Civil apreendeu, nesta terça-feira (03), na zona rural de Breves, na Ilha do Marajó, dez toneladas de peixes das espécies pirarucu, surubim, carapari, pirarara e jaú, além de carne de jacaré, transportados, de forma ilegal, em uma embarcação procedente do Estado do Amazonas. Durante a abordagem policial, foi preso em flagrante Talcidio de Oliveira Pantoja Neto, de apelido Jabota, responsável pelo transporte da mercadoria. A ação policial foi deflagrada por policiais civis da Superintendência Regional do Marajó Ocidental após denúncia anônima. A ação policial foi encabeçada pelo delegado Paulo Junqueira, titular da Delegacia da cidade de Portel.

Segundo a delegada Vanessa Macedo, titular da Superintendência Regional, a denúncia anônima recebida pela equipe de policiais civis dava conta de que uma embarcação do Estado do Amazonas estava navegando nos rios da região com destino à cidade de Igarapé-Miri, na região do Baixo Tocantins, no nordeste do Pará. No interior da embarcação, explica a delegada, estaria sendo feito o transporte, segundo a denúncia, de uma carga de peixes da espécie pirarucu.

Diante dos fatos, ressalta a delegada, a equipe de policiais civis da Superintendência Regional passou a efetuar diligências policiais, entre as cidades de Portel, Melgaço e Breves, para localizar e interceptar a embarcação. Durante a operação, os policiais civis conseguiram localizar o barco de nome “Natureza”, no rio Tajapurú, na zona rural de Breves.

Durante a abordagem à embarcação, os policiais procederam a uma revista na área interna e encontraram o carregamento de 10 toneladas de peixes de espécies variadas, não só de pirarucu. Além dos peixes, durante a revista na embarcação, os policiais civis também encontraram carne de jacaré. Assim, diante da materialidade do crime, o condutor da embarcação foi autuado em flagrante delito por crime contra o meio-ambiente.

Com Informações da PC Pará

ULTIMAS NOTÍCIAS

Tarado de 68 anos é preso acusado de estuprar criança de 8 anos no Marajó

Um idoso de 68 anos que não teve a identidade revelada foi preso pela Polícia Militar acusado de estupro de vulnerável na tarde da última

Município do Pará proíbe entrada de pescado vindo do Amazonas

A Vigilância Sanitária do município de Altamira publicou uma Nota Técnica que proíbe a importação ou comercialização de qualquer tipo de pescado, seja ele de

Polícia caça suspeitos de envolvimento na chacina de Parauapebas

Parauapebas presenciou, na última quarta-feira (15), uma cena de terror: cinco corpos foram encontrados Às proximidades do bairro Vila Nova, em Parauapebas. A indicação é

Prefeitura realiza entrega de tablets para os agentes de combate as endemias

Os Agentes de Combate às Endemias (ACE), de Parauapebas são os primeiros do Estado do Pará, a contar com um tablet que possui um sistema

Mutirão de vacinação em Marabá volta a acontecer nesta quinta e sexta

A movimentação pela procura da segunda dose da vacina contra a Covid-19 começou cedo na manhã desta quinta-feira (16) em Marabá no sudeste paraense. Após

CPI da Vale: funcionários da área ambiental se abstém de responder sobre responsabilidades

O Gerente Executivo do Departamento de Meio Ambiente Corporativo da mineradora Vale, Bruno Santos Ferraz e o Especialista Técnico em Licenciamento Ambiental, Luciano Madeira, foram