Paragominas e Cametá ficam sem dinheiro e FPF assume dívida com arbitragem

A ausência de laudos de segurança para permitir entrada da torcida na Arena Verde fez com que a partida entre Paragominas e Cametá, no último sábado (20), ficasse com um grande vazio nas arquibancadas e também nos cofres. Sob tal alegação, os dois clubes não pagaram a equipe de arbitragem e vinham sendo cobrados. Nesta segunda-feira (22), porém, a Federação Paraense de Futebol assumiu o débito.

A decisão foi tomada nesta tarde em uma reunião na sede da FPF, com presença do presidente da instituição Adelcio Torres, além do mandatário da Comissão de Arbitragem, Fernando Sérgio Castro, e também do árbitro FIFA, Dewson Fernando de Freitas.

‘Conversamos e achamos por bem a Federação assumir. Os nossos filiados não podem ser punidos duas vezes. Portanto, a FPF pagará as custas aos árbitros e, posteriormente, diluirá a quantia diretamente com os clubes’, explicou Fernando Sérgio Castro.

O débito total ficou em R$ 2.250,00, sendo R$ 1 mil para o árbitro central Joelson Silva dos Santos, R$ 500 para cada um dos dois assistentes (Heronildo Sebastião Ferreira da Silva e Nayara Lucena Soares), além de R$ 250 para o quarto-árbitro Olivaldo José Alves Moraes

Cotas de arbitragem no campeonato paraense

 

As cotas são separadas conforme o tipo de jogo trabalhado. Desta forma, a tabela fica assim:

Re-Pa

FIFA – R$ 4.600

CBF – R$ 2.800

Time do interior do Pará x Time da Capital 

Árbitro FIFA – R$ 3 mil

Árbitro CBF – R$ 1.200

Time do interior x Time do interior

FIFA – R$ 2 mil

CBF – R$ 1 mil

Cada assistente recebe 50% do árbitro e o quarto-árbitro ganha 25%.

 

Fonte:ORM

ULTIMAS NOTÍCIAS

Tarado de 68 anos é preso acusado de estuprar criança de 8 anos no Marajó

Um idoso de 68 anos que não teve a identidade revelada foi preso pela Polícia Militar acusado de estupro de vulnerável na tarde da última

Município do Pará proíbe entrada de pescado vindo do Amazonas

A Vigilância Sanitária do município de Altamira publicou uma Nota Técnica que proíbe a importação ou comercialização de qualquer tipo de pescado, seja ele de

Polícia caça suspeitos de envolvimento na chacina de Parauapebas

Parauapebas presenciou, na última quarta-feira (15), uma cena de terror: cinco corpos foram encontrados Às proximidades do bairro Vila Nova, em Parauapebas. A indicação é

Prefeitura realiza entrega de tablets para os agentes de combate as endemias

Os Agentes de Combate às Endemias (ACE), de Parauapebas são os primeiros do Estado do Pará, a contar com um tablet que possui um sistema

Mutirão de vacinação em Marabá volta a acontecer nesta quinta e sexta

A movimentação pela procura da segunda dose da vacina contra a Covid-19 começou cedo na manhã desta quinta-feira (16) em Marabá no sudeste paraense. Após

CPI da Vale: funcionários da área ambiental se abstém de responder sobre responsabilidades

O Gerente Executivo do Departamento de Meio Ambiente Corporativo da mineradora Vale, Bruno Santos Ferraz e o Especialista Técnico em Licenciamento Ambiental, Luciano Madeira, foram