Novo Repartimento: titular do Cartório Extrajudicial, foi sequestrado e morto

Na madrugada desta quinta-feira (1), bandidos invadiram a propriedade rural do titular  do Cartório Extrajudicial de Novo Repartimento,  Otaviano Caldas, ele foi levado pelos bandidos em sua caminhonete, um funcionário foi rendido e fechado em um banheiro.

Ainda na madrugada a polícia recuperou o veículo uma caminhonete modelo Ford Ranger, mas nas primeiras horas da manhã de hoje  o corpo  de Otaviano Caldas foi encontrado na BR230 em Novo Repartimento sentido Marabá. A Polícia da região continua nas buscas aos bandidos.

 

Estaremos atualizando as informações.

PARAZÃO TEM DE TUDO

ULTIMAS NOTÍCIAS

Tarado de 68 anos é preso acusado de estuprar criança de 8 anos no Marajó

Um idoso de 68 anos que não teve a identidade revelada foi preso pela Polícia Militar acusado de estupro de vulnerável na tarde da última

Município do Pará proíbe entrada de pescado vindo do Amazonas

A Vigilância Sanitária do município de Altamira publicou uma Nota Técnica que proíbe a importação ou comercialização de qualquer tipo de pescado, seja ele de

Polícia caça suspeitos de envolvimento na chacina de Parauapebas

Parauapebas presenciou, na última quarta-feira (15), uma cena de terror: cinco corpos foram encontrados Às proximidades do bairro Vila Nova, em Parauapebas. A indicação é

Prefeitura realiza entrega de tablets para os agentes de combate as endemias

Os Agentes de Combate às Endemias (ACE), de Parauapebas são os primeiros do Estado do Pará, a contar com um tablet que possui um sistema

Mutirão de vacinação em Marabá volta a acontecer nesta quinta e sexta

A movimentação pela procura da segunda dose da vacina contra a Covid-19 começou cedo na manhã desta quinta-feira (16) em Marabá no sudeste paraense. Após

CPI da Vale: funcionários da área ambiental se abstém de responder sobre responsabilidades

O Gerente Executivo do Departamento de Meio Ambiente Corporativo da mineradora Vale, Bruno Santos Ferraz e o Especialista Técnico em Licenciamento Ambiental, Luciano Madeira, foram