EDUCADORES FAZEM PRÉVIA DA 4ª CONFERÊNCIA DE PARAUAPEBAS

Diretores das escolas municipais participaram no início desta semana de uma reunião que teve como pauta as tratativas para a 4ª Conferência Municipal de Educação de Parauapebas (Comep), que será realizada no dia 27 deste mês na Câmara de Vereadores. No próximo dia 20, serão realizadas as pré-conferências nas escolas da rede municipal com a participação da comunidade.

O objetivo do encontro foi apresentar a metodologia a ser utilizada no evento e esclarecer dúvidas sobre o tema “O Plano Municipal de Educação e a Consolidação do Sistema Municipal de Ensino”. No encontro, foram apresentados os membros que compõem as comissões que vão organizar os trabalhos, distribuir as tarefas e definir as responsabilidades na conferência.

A diretora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Veronice Coelho, discutiu com os gestores a importância da Comep para o avanço da política educacional no município. “O PME (Plano Municipal de Educação) é uma construção coletiva, isto é, de toda a sociedade parauapebense. A conferência é um espaço democrático onde a sociedade civil pode falar e ser ouvida sobre como a educação em nosso município pode ser melhorada, de forma a avaliar e acompanhar metas e estratégias propostas pelo plano”, explicou ela.

Para Deusamar Sales, diretora da Escola Municipal de Educação Infantil Maria Salete, o encontro foi esclarecedor, sobretudo para deixar o gestor escolar por dentro do debate, pois é ele, o diretor, quem vai mobilizar a comunidade e incentivar que todos participem na construção das propostas de educação do município e avaliem o que está sendo feito. “É nas pré-conferências realizadas nas escolas que a comunidade terá oportunidade de conhecer as propostas de educação para o nosso município e contribuir com mais”, apontou a gestora.

ANDAMENTO

Representantes de órgãos ligados à educação já estão se reunindo para debater ações direcionadas à realização da 4ª Comep. Na conferência, serão avaliado o PME e monitoradas suas metas e estratégias. No encontro também vão ser definidas proposições para implementação de políticas públicas que visem a uma educação de qualidade social, pública, gratuita e laica.

Em 2015, o Plano Municipal de Educação foi aprovado para o decênio 2015/2025. Agora, o município centra esforços na revisão das ações por meio de debates e audiências nas pré-conferências.
A primeira Conferência Municipal de Educação foi realizada em 2008; a segunda, em 2013; e a terceira, em 2015.

EIXOS TEMÁTICOS

Ao longo da conferência municipal, os participantes vão debater oito eixos temáticos, que vão desde questões norteadoras gerais, como o Plano Nacional de Educação e sua articulação com o Sistema Nacional de Educação, até detalhes que mirem especificidades locais, como acesso, permanência, inclusão social, valorização de profissionais, entre outros aspectos.

 Sandra Bispo

ULTIMAS NOTÍCIAS

Tarado de 68 anos é preso acusado de estuprar criança de 8 anos no Marajó

Um idoso de 68 anos que não teve a identidade revelada foi preso pela Polícia Militar acusado de estupro de vulnerável na tarde da última

Município do Pará proíbe entrada de pescado vindo do Amazonas

A Vigilância Sanitária do município de Altamira publicou uma Nota Técnica que proíbe a importação ou comercialização de qualquer tipo de pescado, seja ele de

Polícia caça suspeitos de envolvimento na chacina de Parauapebas

Parauapebas presenciou, na última quarta-feira (15), uma cena de terror: cinco corpos foram encontrados Às proximidades do bairro Vila Nova, em Parauapebas. A indicação é

Prefeitura realiza entrega de tablets para os agentes de combate as endemias

Os Agentes de Combate às Endemias (ACE), de Parauapebas são os primeiros do Estado do Pará, a contar com um tablet que possui um sistema

Mutirão de vacinação em Marabá volta a acontecer nesta quinta e sexta

A movimentação pela procura da segunda dose da vacina contra a Covid-19 começou cedo na manhã desta quinta-feira (16) em Marabá no sudeste paraense. Após

CPI da Vale: funcionários da área ambiental se abstém de responder sobre responsabilidades

O Gerente Executivo do Departamento de Meio Ambiente Corporativo da mineradora Vale, Bruno Santos Ferraz e o Especialista Técnico em Licenciamento Ambiental, Luciano Madeira, foram