Dia do Gari é comemorado pela primeira vez em Curionópolis

Curionópolis comemora dia do Gari

Os servidores públicos que atuam na função de Gari, no município de Curionópolis, foram homenageados na manhã desta quarta-feira (16), durante um café da manhã realizado no gabinete do prefeito Adonei Aguiar que não pôde prestigiar o evento em função de agenda em Belém.

O prefeito foi representado pelo chefe de gabinete, Rogério Serelli, pelo assessor especial, Divino Carneiro, e pelo coordenador de limpeza urbana, Wilame Pedrosa. “É muito gratificante sabermos que temos um grupo de profissionais comprometidos com o bem estar da nossa população, afinal, o trabalho de manutenção da higiene do nosso município reflete diretamente na saúde pública”, destacou Divino Carneiro.

“A equipe de limpeza urbana é uma das principais equipes de trabalho da prefeitura, contamos muito com vocês”, ressaltou Rogério Serelli. Para Wilame Pedrosa os garis de Curionópolis primam pela excelência na prestação de serviços e merecem essa homenagem especial, “há três meses o prefeito nos solicitou que fizéssemos esse café da manhã, nesta data”.

Seu Francisco Pereira da Silva trabalha há 17 anos como Gari, no município de Curionópolis, segundo ele é a primeira vez que os profissionais recebem uma homenagem tão especial quanto esta, “eu estou me sentindo muito feliz, emocionado”. Quem também gostou muito da homenagem foi a Isabel Cristina da Luz Costa, que trabalha como Gari há oito anos, “gosto do meu trabalho, me sinto honrada em poder contribuir com a limpeza da nossa cidade”.

Dia do Gari

A palavra gari é uma homenagem ao empresário francês Aleixo Gary, que se destacou na história da limpeza da cidade do Rio de Janeiro. Em 11 de outubro de 1876, ele assinou um contrato com o Ministério Imperial para organizar o serviço de limpeza da cidade, que incluía a retirada de lixo de casas e praias e o transporte para a Ilha de Sapucaia, atual bairro Caju.

Seu contrato venceu em 1891 e seu primo Luciano Gari o substituiu. A empresa acabou em 1892 e foi criada a Superintendência de Limpeza Pública e Particular da Cidade, cujos serviços não eram bons. No ano de 1906, o órgão tinha somente 1.084 animais de carga para trabalharem na coleta das 560 toneladas de lixo. A partir dessa data, teve início a coleta de lixo com equipamentos mecânicos. A data lembra o dia da publicação da Lei que instituiu a categoria, em 16 de maio de 1962.

ULTIMAS NOTÍCIAS

Florindo o Mundo certifica mulheres e realiza aula inaugural para 2ª turma

“Uma grande capacitação que a prefeitura fez. Foram 50 mulheres capacitadas pelo Florindo o Mundo. Estou feliz e quero só agradecer pela oportunidade de estar

Um homem morre e outro fica gravemente ferido após avançarem sinal em Parauapebas

Um homem ainda não identificado morreu e outro, até o momento também sem identificação, está internado em estado grave no Hospital Municipal de Parauapebas, em

Pescado de Parauapebas está livre da doença “da urina preta”

Queda em mais de 90% nas vendas e prejuízo de quase R$ 3 milhões para toda a cadeia produtiva do peixe em Parauapebas desde o

CPI da Vale: Executivos de áreas sociais deixam perguntas sem respostas

A Vale registrou lucro líquido de R$ 30,56 bilhões no primeiro trimestre de 2021 e R$ 26 bilhões no ano de 2020. O Pará responde

Como a Lei Geral de Proteção de Dados se aplica ao setor de food service

Com sanções em vigência desde 1º de agosto último, a Lei Geral de Proteção de Dados – conhecida pela sigla LGPD – se aplica tanto

Mulher mata marido com facada no peito em Santarém

Um desentendimento familiar que culminou na morte de um homem. A motivação ainda é desconhecida. O crime chocou familiares e os moradores da região.  Uma