Crise atinge shopping de Parauapebas

E lojas fecham as portas devido à queda na movimentação no local

Por causa da crise que atingiu o país e com a queda na movimentação nas dependências do Partage Shopping de Parauapebas, Sudeste do Pará, tem comprometido a permanência de lojas no local.

O alto custo também é outro fator quem feito muitos empresários a fecharem as portas dentro do shopping. Além, da queda na movimentação que tem feito cair as vendas no local.

No ponto de vista de lojistas e economistas o local já não é mais um ponto atrativo no município que tem feito o consumidor ir em busca de outras alternativas, comprometendo as vendas no shopping.

Quem circula pelo local já nota a diferença e o impacto da falta de opção de lojas para comprar.

É importante ressaltar ainda que o Partage Shopping de Parauapebas é alvo de diversas reclamações dos consumidores junto ao Procon do município.

Da Redação/Parazão Tem de Tudo

ULTIMAS NOTÍCIAS

Tarado de 68 anos é preso acusado de estuprar criança de 8 anos no Marajó

Um idoso de 68 anos que não teve a identidade revelada foi preso pela Polícia Militar acusado de estupro de vulnerável na tarde da última

Município do Pará proíbe entrada de pescado vindo do Amazonas

A Vigilância Sanitária do município de Altamira publicou uma Nota Técnica que proíbe a importação ou comercialização de qualquer tipo de pescado, seja ele de

Polícia caça suspeitos de envolvimento na chacina de Parauapebas

Parauapebas presenciou, na última quarta-feira (15), uma cena de terror: cinco corpos foram encontrados Às proximidades do bairro Vila Nova, em Parauapebas. A indicação é

Prefeitura realiza entrega de tablets para os agentes de combate as endemias

Os Agentes de Combate às Endemias (ACE), de Parauapebas são os primeiros do Estado do Pará, a contar com um tablet que possui um sistema

Mutirão de vacinação em Marabá volta a acontecer nesta quinta e sexta

A movimentação pela procura da segunda dose da vacina contra a Covid-19 começou cedo na manhã desta quinta-feira (16) em Marabá no sudeste paraense. Após

CPI da Vale: funcionários da área ambiental se abstém de responder sobre responsabilidades

O Gerente Executivo do Departamento de Meio Ambiente Corporativo da mineradora Vale, Bruno Santos Ferraz e o Especialista Técnico em Licenciamento Ambiental, Luciano Madeira, foram