30 de julho de 2021

Adepará mantém grupo operacional para coibir abate e comercialização clandestina de animais

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) conta com uma importante ferramenta para combater o abate clandestino de animais e a comercialização de produtos sem a devida inspeção. Trata-se do Grupo Agropecuário Técnico, Tático e Operacional (Gatto), cujos integrantes recebem representações ou petições de qualquer pessoa ou entidade, além de requisitar diligências investigatórias e realizar ações operacionais para coibir as atividades clandestinas.

O abate clandestino engloba estabelecimentos que matam animais sem fiscalização sanitária e/ou que não contribuem com o fisco. A atividade ilegal representa riscos ao setor produtivo e ao consumidor, pois os alimentos possuem qualidade sanitária suspeita.