15 de junho de 2021

Sespa transfere recém-nascido com doença rara de Marabá para Porto Alegre

Remoção foi totalmente articulada, planejada e realizada pela Central de Regulação da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa)

O pequeno Enrico Ferro, de 22 dias, foi transferido de Marabá, sudeste do Pará, para Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na manhã deste sábado (8). A transferência foi totalmente articulada, planejada e realizada pela Central de Regulação da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).



O recém-nascido apresentou alterações no teste do pezinho e crises convulsivas, o que levou os médicos a suspeitarem de um provável Erro Inato do Metabolismo (EIM), doença rara de natureza genética que geralmente corresponde a um defeito enzimático capaz de acarretar a interrupção de uma via metabólica, podendo apresentar sintomas como: letargia, recusa alimentar, icterícia, vômitos, diarréia, visceromegalia, retardo de crescimento, convulsões e coma.

O avião UTI saiu de Marabá às 13h50 e pousou em Porto Alegre às 17h20. Enrico estava internado no Hospital Regional Publico do Sudeste e agora vai ser atendido no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, único no Brasil com tratamento para a doença. A equipe médica do Hospital do Sudeste acompanhou toda a viagem, monitorando Enrico que estava entubado, com estado considerado estável.

Enrico também viajou acompanhado da mãe, Angela Veronica Faval Bastos. Em Porto Alegre, o bebê vai passar por exames para confirmar o diagnóstico de Erro Inato do Metabolismo (EIM) e, se necessário, vai continuar lá para tratamento.

Segundo o secretário de Estado de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho, essa ação foi toda pensada no bem-estar do Enrico. “O Governo do Pará, por meio da Sespa, está fazendo o possível para dar todo o suporte que o Enrico precisa. Articulamos essa transferência de forma rápida e segura para ele chegar em Porto Alegre e receber o tratamento que necessita”, comentou.

Fonte: Agência Pará

Comentários do Facebook
Share