23 de junho de 2021

Personalidades do município terão seus nomes em escola e posto de saúde

A Unidade Básica de Saúde (UBS), localizada na Rua JK com a Rua Minas Gerais, no Bairro Rio Verde, será denominada “Unidade Básica de Saúde Dr. Bento Torres Pinto”. Já a Escola de Ensino Fundamental Gonçalves Dias, localizada na Vila Paulo Fonteles, passará a se chamar “Escola Municipal de Ensino Fundamental José Rodrigues da Silva”.

As alterações nos nomes da UBS e da escola foram debatidas e votadas na sessão ordinária de terça-feira (18), em que os vereadores Rafael Ribeiro (MDB) e Ivanaldo Braz (PDT) apontaram aos demais membros do parlamento a importância de homenagear pessoas que contribuíram com o desenvolvimento do município por meio da denominação de órgãos públicos. Para os vereadores Rafael e Braz, esta é uma maneira de manter ativa a importante trajetória destes cidadãos na cidade.

UBS Dr. Bento Torres Pinto

A proposta de homenagear postumamente o médico Bento Pinto na UBS do Rio Verde foi idealizada pelo vereador Rafael Ribeiro, por meio do Projeto de Lei nº 20/2021, onde contou que o profissional de saúde exerceu com muita dedicação a medicina ao longo dos 41 anos de profissão.

Natural de Aurora, no Estado do Ceará, Bento Pinto precisou de força e perseverança para concluir o curso de medicina em Manaus, no Estado do Amazonas, em 1975. Especialista em doenças tropicais, o médico chegou a Parauapebas em 1983. Desde então, desenvolveu sua profissão com extremo humanismo, que o fazia jamais negar atendimento a quem precisasse de seus cuidados.

Dr. Bento participou ativamente das lutas de emancipação de Parauapebas do então distrito de Marabá. Em Parauapebas, casou e teve cinco filhos e oito netos. Ao falecer em 2016, deixou um legado de respeitabilidade, firmeza de caráter e competência profissional, razões pelas quais levaram o vereador Rafael Ribeiro a propor a homenagem póstuma ao médico.

EMEF José Rodrigues da Silva

A trajetória de José Rodrigues da Silva também não foi diferente. O pioneiro de Parauapebas deixou um legado no desenvolvimento do município, tendo contribuído significativamente com a educação municipal na Colônia Paulo Fonteles, zona rural.

Ainda em 1984, José Rodrigues se mudou para Parauapebas com o intuito de adquirir dinheiro para comprar sua terra. Filiou-se ao Sindicato Rural de Parauapebas, como forma de realizar seu grande sonho: a conquista da terra.

José Rodrigues foi pioneiro na abertura, expansão e construção da colônia; antes Gleba Ampulheta, depois Jader Barbalho e hoje denominada Colônia Paulo Fonteles. Durante este processo, auxiliou os funcionários do Instituto de Terra do Pará (Iterpa), na demarcação de cada lote da área.

Ao receber seu lote, trabalhou em uma pequena roça com plantação de mandioca, cupuaçu, manga, jaca, arroz, feijão, milho, dentre outros. Grandes foram as dificuldades enfrentadas por ele e todas as outras famílias assentadas para permanecerem na colônia, seja pela falta de estradas, transportes, atendimento médico e, principalmente, pelos casos de malária.

Em 1990, Zé Rodrigues, dona Maria e seu Dió passaram a organizar a comunidade para a construção de uma escola para educar as crianças da comunidade. Surge, então, a escola conhecida como “Escola do Zé Rodrigues”, por ter iniciado na sala de sua casa de madeira, com mesas e troncos de palmeira de babaçu.

Após dois anos, Zé Rodrigues cedeu parte de sua terra para a construção da escola multissérie, de 1ª a 4ª série, do antigo primeiro grau, com apenas duas salas de aula e uma cozinha.

Diante de sua atuação e representatividade de grande importância para a comunidade da Vila Paulo Fonteles, o vereador Ivanaldo Braz julgou oportuno homenagear Zé Rodrigues, já que sua contribuição foi fundamental para a instalação e o desenvolvimento do ensino na comunidade.

Diante disto, Braz apresentou ao plenário da Casa Legislativa o Projeto de Lei nº 40/2021, solicitando que o nome do pioneiro seja emprestado à Escola de Ensino Fundamental da Colônia Paulo Fonteles.

Votação

Por se tratarem de duas justas homenagens, os vereadores aprovaram os projetos de lei apresentados pelos vereadores Rafael Ribeiro e Ivanaldo Braz.

Com a aprovação, os projetos seguem para sanção do prefeito municipal, Darci José Lermen, e entram em vigor na data das respectivas publicações.

Comentários do Facebook