15 de junho de 2021

Parauapebas: Semsa alerta população sobre os perigos de acidentes no trânsito em alusão a campanha “maio amarelo”

Maio Amarelo tem como objetivo chamar a atenção da população para a conscientização referente ao alto índice de mortes e feridos no trânsito

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), os acidentes de trânsito são o primeiro responsável por mortes na faixa etária de 15 a 29 anos de idade; e o terceiro responsável por mortes na faixa etária de 30 a 44 anos, se configurando assim como grave problema de saúde pública no Brasil.

Em Parauapebas, só no ano de 2020 foram atendidos 898 pacientes vítimas de acidentes no trânsito na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), 3.298 atendimentos no Hospital Geral de Parauapebas (HGP), 987 ocorrências no Serviço Móvel de Urgência (SAMU) e segundo o Sistema de Mortalidade (SIM), registrados 74 óbitos no município.



Esses números significativos contribuem para a superlotação das portas de entrada de urgência e emergência do município, além da sobrecarga dos profissionais e a elevada despesa hospitalar, em razão da taxa de internação hospitalar geralmente de longa permanência.

Diante do cenário de pandemia, houve um aumento significativo do serviço de entrega (deliverys) por motociclistas, onde a corrida contra o tempo tem se tornado vilão.

“Vale ressaltar ainda, das sequelas ocasionadas por esses acidentes de trânsito, que em grande parte, não são evitáveis. Amputações, deformidades, perda no convívio social, limitações temporárias e até mesmo invalidez permanente, são exemplos de sequelas que podem mudar o estilo de vida de quem foi vítima do acidente de trânsito,” comenta Flávia Loiola, Supervisora da Rede de Atendimento às Urgências e Emergências (RUE).

Com esse problema de saúde, o movimento maio amarelo, na sua oitava edição tem como tema: “RESPEITO E RESPONSABILIDADE: PRATIQUE NO TRÂNSITO”. As secretarias municipais de Saúde e Segurança (Secretaria Municipal de Saúde – Semsa e Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão – Semsi), durante o mês irão desenvolver ações voltadas para educação no trânsito, a fim de sensibilizar e conscientizar cidadãos, da importância da direção defensiva, com respeito, responsabilidade e amor à vida.

Comentários do Facebook