17 de maio de 2021

Assaltante preso é autor da morte de pai e filho em Marabá

A cidade de Marabá, município do sudeste paraense, que ainda comenta uma tentativa frustrada de assalto ocorrida recentemente ficou surpresa com uma descoberta: a barbaridade de uma mente criminosa ainda mais criminosa.

Lucas Dias Portela e quatro comparsas foram detidos no último dia 28 após tentarem entrar na residência de uma empresária de joias vestidos com o uniforme do Serviço de Saneamento de Marabá. Antes de ser preso, o bandido ainda lutou contra um oficial dos Bombeiros.

Na delegacia, os agentes descobriram que “Luquinhas”, como é conhecido na área, havia cometido um crime muito mais grave, que chocou a cidade na época.

Em 10 de março de 2020, Luquinhas matou a sangue frio Ailton Nascimento Lopes, de 23 anos, e o filho dele, o pequeno Kauã Ribeiro Nascimento, uma criança de colo.

Além disso, o preso também é suspeito de matar Aleson Pereira Ribeiro, o “Nonô”, na rotatória que divide as Folhas 15, 16, 22 e 23, no dia 30 de maio de 2019. Segundo a polícia, Luquinhas matou todas as vítimas por vingança.

Além de luquinhas, os outros foram identificados como Luiz Fernando Conceição Teixeira, de 21 anos, Gabriel Santos de Oliveira (18), Jacsiel Sousa de Moura (20) e Jonaci Carvalho Feitosa (45), que dirigia o carro e seria motorista por aplicativo.

Com os cinco acusados foram apreendidos dois revólveres calibre 38, com seis munições, e uma pistola 380, com cinco munições. Eles foram autuados em flagrante por tentativa de roubo e formação de quadrilha.

Fonte: Correio de Carajás

Comentários do Facebook
Share