17 de maio de 2021

Ação solidária contra a Covid-19: primeiro lote de medicamentos para intubação chega hoje ao Brasil


Pool de empresas doa total de 3,4 milhões de insumos para pacientes em UTIs


O primeiro lote com 2,3 milhões – de um total de 3,4 milhões, de medicamentos para intubação chega hoje à noite ao aeroporto de Guarulhos, em SP. A iniciativa partiu de um grupo de empresas que se uniu diante do agravamento da pandemia da Covid-19 no Brasil e da consequente escassez de insumos para o atendimento a pacientes em UTIs. Todos os medicamentos serão doados ao Ministério da Saúde em quantidade suficiente para a gestão de 500 leitos pelo período de um mês e meio. Esta ação solidária, em caráter emergencial, conta com o engajamento e apoio da ENGIE, Itaú Unibanco, Klabin, Petrobras, Raízen e TAG, além da Vale, que deu início a essa mobilização há três semanas.

A expectativa é que até o final deste mês todos os insumos (sedativos, neurobloqueadores musculares e analgésicos opioides – itens básicos para realizar e manter pacientes intubados) sejam integralmente doados ao governo federal, que cuidará também da distribuição pelos Estados por meio do SUS-Sistema Único de Saúde. Os itens, que foram adquiridos na China, possuem autorização para importação emitida pela Anvisa, além da certificação da agência chinesa.

Prevenção: cuidados redobrados

A Vale tem reforçado as medidas adotadas desde o início da pandemia para a prevenção do novo coronavírus (Covid-19) em suas operações e nas localidades onde atua. O pacote de ações preventivas inclui a redução do efetivo administrativo e operacional nas suas unidades, além de triagem diária, protocolos para distanciamento social, higienização e o uso de máscaras. Uma das principais ações é a realização da testagem em massa de empregados próprios e terceirizados, que permite identificar rapidamente pessoas que tiveram contato com o vírus, adotando as medidas de isolamento domiciliar e as recomendações dos órgãos de saúde e prevenindo para que não haja contágio em suas operações.

Em parceria com a Prefeitura de Parauapebas, foi realizada a testagem em massa na população do município, com a disponibilização de 100 mil testes PCR gratuitos por meio do sistema drive-thru. A testagem da Vale e na sociedade colocou o município no ranking das cidades que mais testam do país e entre os locais com maior nível de recuperados no Estado do Pará.

A Vale segue apoiando a sociedade e acaba de entregar nova ala hospitalar no Hospital Geral de Parauapebas (HGP), que agora totaliza 68 novos leitos para tratamento especifico de pacientes da Covid-19. Os leitos, implantados em parceria com a prefeitura, são permanentes e vão ajudar ainda mais no tratamento em Parauapebas e das cidades vizinhas, ampliando a oferta de leitos. A empresa também renovou contrato com o Instituto ACQUA para a contratação de profissionais de saúde que estão dedicados ao atendimento de pacientes com sintomas do novo coronavírus na Ala Covid do Hospital Geral (HGP).

Comentários do Facebook