1 de agosto de 2021

‘Não podemos tomar nenhuma decisão precipitada’, afirma atacante do Remo sobre retorno do Parazão

Última contratação do Remo – até o momento – para esta temporada, o atacante Lucas Tocantins, de 26 anos, começou sua trajetória no clube do jeito que todo jogador gosta: marcando gol. Com previsão de ficar de 10 a 15 dias no departamento médico fazendo fortalecimento muscular, o Lucas surpreendeu a todos e entrou em campo diante o Esportivo, do Rio Grande do Sul, na quarta-feira, 17, e marcou o segundo gol da vitória que garantiu o Leão na segunda fase da Copa do Brasil.

No desembarque em Belém, o atacante foi direto ao falar da emoção em estrear balançando as redes. “Muito feliz pelo gol, pela vitória. O mais importante foi a vitória. Pude entrar ali e ajudar a minha equipe com gol”, disse.

Sem poder retornar aos treinos por conta do decreto do governo do Estado que paralisou o Campeonato Paraense e colocou Belém e região no regime de lockdown, Lucas Tocantins, assim como todo o elenco azulino, vai seguir trabalhando de casa, sendo monitorado por vídeo-chamada pela preparação física do clube.

Ele garante entender o momento e diz que não era hora de “tomar decisões precipitadas”. “Temos que esperar a decisão das autoridades. Não podemos tomar nenhuma decisão precipitada. Deixamos para eles resolverem. Se for para continuar com os campeonatos, vamos entender a decisão deles”.

CSA

Apesar da indefinição em torno do Campeonato Paraense, o Remo deverá voltar a campo em abril. Programada para os dias 7 e 14 do próximo mês, a segunda fase da Copa do Brasil – até o presente momento – está confirmada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Na última semana a entidade, em um evento no Rio de Janeiro, apresentou os dados da covid-19 nas competições nacionais de 2020 e garantiu que não irá paralisar a Copa do Brasil.

Dessa forma, o Leão volta suas atenções para o CSA. O clube alagoano despachou o Guarany de Sobral por 5 a 1 na quarta-feira, 17, e vai fazer uma prévia da Série B 2021 com o Remo. A partida será disputada em Alagoas, no Estádio Rei Pelé.

Lucas Tocantins conta que conhece o técnico Mozart, que está desde o ano passado no CSA, da época em que trabalharam juntos no Coritiba, em 2019. Para ele, o jogo será difícil, mas o Remo tem totais condições de conquistar a vaga na terceira fase do torneio.

“Sabemos que é uma equipe de Série B e que há dois anos estava na Série A. Já trabalhei com o Mozart, que é o treinador do CSA, e sei como ele impõe a equipe dele. Vai ser um jogo bem difícil. Mas se a gente colocar o que vem sendo feito nos jogos e trabalhado nos treinamentos, temos tudo para chegar lá e fazer uma ótima partida”, concluiu.
Fonte: Roma News

Comentários do Facebook
Share