24 de junho de 2021

Em Parauapebas, prefeito Darci Lermen anuncia auxílio emergencial municipal de R$500,00

O casos de covid-19 no Município não deu trégua e volto mais forte. Leitos de UTI e de ocupação do SUS atingiram 100% de lotação e para tentar diminuir os casos da doença e liberar mais leitos para a população, como foi noticiado aqui pelo Parazão, a implementação do lockdown (bloqueio total) que permite apenas o funcionamento de atividades essenciais que entrará em vigor amanhã domingo, 21.
Com isso, em entrevista à rádio Arara Azul, o prefeito do Município de Parauapebas comentou sobre o decreto de número 1.087: “Estamos vivendo o momento mais difícil da pandemia, o momento mais agudo. pesar dos esforços que fizemos e estamos fazendo para garantir leitos, e aumentamos inclusive os leitos de UTI, adquirimos respiradores no trabalho com a iniciativa privada, apesar disso, o nosso sistema está no limite. Ainda agora uma pessoa muito próxima me ligou, um assessor, precisando de uma UTI para ele mesmo, e não temos. É muito difícil esse momento. Por isso, é necessário que haja um entendimento entre nós todos, poder público, população e iniciativa privada. Precisamos parar por alguns dias. Se a gente não parar, o vírus vai parar a gente de um jeito ou de outro. Precisamos fazer a nossa parte. Nós precisamos fazer um esforço, todos, cada um fazendo sua parte, tem que isolar, ficar em casa. Evitem receber muitas visitas, não adianta fazer festinhas, porque o próximo pode ser você. Daqui a pouco terão pessoas dizendo que vamos fechar as igrejas, ninguém está fechando, a única coisa que estamos pedindo para todos é que tenham cuidado, porque quem ser contaminado pode não ter lugar para ser tratado. É importante nesse momento fazer esses sete dias de paralisação, para que juntos, todos nós possamos cuidar, porque esse é o momento que precisamos fazer isso. Eu não quero aqui espalhar o medo, embora tenha muito medo desse vírus, do jeito que ele veio dessa vez, já levou várias pessoas”, disse Darci Lermen (MDB) na entrevista ao Programa Arara News.

✱ Categoria dos transportes: (duas mil famílias);
✱ Pessoas cadastradas no Programa Gira Renda, que ganhavam R$ 100,00, passarão a ganhar R$ 500,00 (oito mil famílias); ✱ Banco do Povo irá beneficiar 500 famílias;
✱Profissionais da cultura, profissionais liberais, feirantes e outros trabalhadores (23.500 famílias);
✱ 48 mil famílias que eram beneficiadas com R$ 50,00 do Cartão Merenda em Casa, passarão a receber R$ 80,00;


Como anunciado por Darci Lermen, o projeto será enviado para a Câmara de Vereadores, e depois de aprovado, a Assessoria de Comunicação (Ascom) irá anunciar os critérios para que os munícipes sejam beneficiados com o auxílio financeiro. “Ninguém vai passar fome”, relatou Darci, que se mostrou bastante preocupado com a atual situação que Parauapebas vive nesta pandemia. Com informações, Pebinha de Açúcar.

Comentários do Facebook