23 de junho de 2021

Vereadores avaliam atuação parlamentar e se despedem do Legislativo

Na última sessão da atual legislatura, ocorrida na terça-feira (22), os vereadores de
Parauapebas usaram a tribuna para fazer um breve resumo de suas atuações
parlamentares e se despediram do Legislativo.
Dos quinze vereadores que ocupam atualmente a Câmara Municipal, dois não
concorreram à reeleição (João do Feijão e Joelma Leite); sete não foram reeleitos
(Francisca Ciza, Horácio Martins, José Pavão, José Coutinho, Kelen Adriana, Marcelo
Parcerinho e Maridé Gomes); e seis foram reeleitos (Elias Ferreira, Eliene Soares,
Ivanaldo Braz, Joel Alves, Luiz Castilho e Zacarias Marques).
Acompanhe um resumo dos discursos dos vereadores que ocuparam a tribuna:
João do Feijão (PSB) – “Quero parabenizar esta Casa de Leis, onde passei oito anos em
dois mandatos, pelo respeito que recebi de todos os vereadores e dos servidores.
Agradecer a meus assessores e dizer que durante este tempo este parlamentar votou
leis e proposições que fizeram com que o governo do prefeito Darci fizesse uma boa
administração. Lamento pelas pessoas que perderam a vida por causa da pandemia,
desejo Feliz Natal para a população de Parauapebas e muito sucesso para os
companheiros que foram reeleitos nesta Casa e aos novos que vão entrar”.
Maridé Gomes (PSC) – “Não vou falar aqui de despedida, mas de um até logo. Quem
sabe, num futuro bem próximo, estarei aqui novamente, como vereador, prefeito,
deputado ou como ouvinte. Por que não? Meu sentimento é de gratidão a Deus e ao
povo que me colocou aqui por oito anos consecutivos, onde fiz muitas coisas boas por
Parauapebas, mas elas não foram divulgadas pela imprensa. Alguém me perguntou o
que faltou para eu ser reeleito e eu respondi: votos. Não posso culpar os eleitores.
Mas saio daqui com a cabeça erguida e desejo sucesso aos colegas que foram reeleitos
e aos eleitos pela primeira vez”.
José Pavão (MDB) – “Perdemos muito em não reeleger o colega Maridé, que acabou
de dar uma aula para todos nós. Agradeço a Deus, à minha família, aos colegas de
parlamento, servidores e aos eleitores por estes dois mandatos consecutivos de
vereador. Quando cheguei aqui trazia na cabeça a ideia de que iria consertar o mundo.
Mas vi que o trabalho de vereador é muito limitado. Mas, mesmo com esta limitação,
fiz muito por esta cidade, por exemplo, proporcionando melhoria na alíquota da Cfem
e do ICMS. Também não fui eleito por falta de votos. Desejo sucesso aos colegas
reeleitos e aos novos que vão entrar. Saio daqui sem dizer adeus, mas um até logo”.
Francisca Ciza (PP) – “Primeiramente, agradeço a Deus, à minha família, a meus
assessores e a toda população deste município, por estes quatro anos de mandato
como vereadora, onde respeitei e fui respeitada por todos nesta Casa de Leis. Tenho a
consciência de que fiz muito pelo povo desta cidade. Também não estarei dando tchau à Câmara, porque o mundo dá muitas voltas e eu tenho a esperança de ocupar
novamente uma cadeira de vereadora, pois sou muito persistente. Aproveito para
parabenizar os colegas que foram reeleitos e desejar Feliz Natal e Ano Novo para
todos”.
Joel Alves (PDT) – “Em primeiro lugar, quero agradecer a Deus, porque sem ele nada
podemos fazer. Em segundo, agradecer à minha família, meus assessores do gabinete
e a todos os colegas desta Câmara, por estarmos juntos nestes quatro anos. Agradecer
também aos 2.024 eleitores, em especial aos rodoviários, que foram às urnas e me
conduziram para um segundo mandato, onde assumo o compromisso de continuar
defendendo a população de Parauapebas. Agradeço em especial ao presidente Luiz
Castilho, que conduziu esta Casa de Leis com muita responsabilidade. Aprendi muito
com todos vocês. Feliz Natal e que Deus possa proporcionar um novo ano cheio de paz
e sem pandemia”.


Marcelo Parcerinho (PSB) – “Agradeço a Deus, à minha família, amigos, parceiros e ao
nosso gabinete, pelo apoio nestes quatro anos. O que me faltou para ser reeleito não
foi voto, mas, partido. Fui prejudicado pela regra eleitoral. Mas estou muito grato
pelos 2.070 votos que meus eleitores depositaram nas urnas. Tenho colega que foi
eleito com 1.300 votos. Quero parabenizar a direção do Pros, que conseguiu eleger
quatro vereadores. Pra mim, o melhor discurso da tribuna este ano foi do
companheiro Maridé, em sua despedida. Daqui a dezenas de anos muita gente vai
lembrar que esta 8ª legislatura que se finda foi a melhor da história do município, por
causa das grandes conquistas. Parabenizo os colegas que ficam e boas vindas aos
novos que chegam. Daqui a dois anos serei candidato de novo. Temos que eleger
deputados”.
Ivanaldo Braz (PDT) – “Inicio minha fala agradecendo a Deus pela saúde e por tudo
que ele tem feito por nós. Aprovamos nesta Casa de Leis um orçamento previsto de
1,8 bilhão de reais para o ano que vem. Nas emendas, estamos beneficiando várias
entidades que fazem um bom trabalho para a comunidade, com 56 milhões de reais.
Agradeço de coração o tempo em que trabalhei com os colegas que não conseguiram
se reeleger. Quando conduzi esta Casa no biênio 2015/2016, num momento bastante
conturbado, tive apoio da maioria de vocês. Desejo boas-vindas aos novos colegas
vereadores. Temos 166 mil eleitores no município, o suficiente para eleger até quatro
deputados estaduais. Dia 1º de janeiro tem eleição para escolha dos membros da mesa
diretora, e meu nome encabeça chapa única. Se eu for eleito novamente, pretendo
fazer um mandato compartilhado. Feliz Natal e um novo ano cheio de prosperidade”.



Joelma Leite (PL) – “Começo meu pronunciamento externando minha grande gratidão
a Deus, por estar aqui nesta manhã, depois de ter enfrentado esta pandemia, e agora
com a saúde recuperada. Agradeço também à comunidade que me escolheu para
representá-la nestes últimos quatro anos, à minha equipe do gabinete e a meus
seguidores das redes sociais. Queria ter feito mais, mas somos limitados em nossas
funções. Despeço-me deste parlamento com o coração cheio de gratidão, pela boa
convivência que tive nos últimos cinco anos, num relacionamento cordial e respeitoso.
Agradecimento especial ao presidente Castilho, que conduziu esta Casa desprovido de
mesquinharia. Parabenizo aos vereadores reeleitos, prova de que a luta de vocês foi
válida, e boas-vindas aos que foram eleitos pela primeira vez. Espero que o orçamento
de um bilhão, oitocentos mil e setenta reais seja realmente revertido pra quem
precisa. Desejo um ano novo sem pandemia e cheio de realizações positivas”.
Elias Ferreira (PSB) – “Quero agradecer a Deus por tudo; minha família, meus amigos,
minha equipe de gabinete e demais servidores desta Casa de Leis, inclusive meus
colegas de parlamento, por estes quatro anos de mandato. Agradeço também ao povo
que me concedeu mais um mandato de vereador, no compromisso de fazer de tudo
para retribuir esta confiança. Agradeço ainda o presidente Luiz Castilho, por conduzir
este parlamento com muita responsabilidade. Por último, agradeço ao Executivo por
ter atendido minhas proposições, como iluminação pública de superled e o Programa
Gira Renda. Fico muito grato de, com outros vereadores, ter conseguido aumentar o
percentual da Cfem e a quota-parte do ICMS neste mandato. Outro avanço desta
legislatura foi a redução da taxa de energia elétrica em todo Estado do Pará, por meio
de CPI. Agradeço a companhia dos colegas que vão nos deixar e parabenizo aqueles
que foram reeleitos e aos novos que vão entrar”.
Zacarias Marques (PP) – “Ao longo destes quatro anos de parlamento, deixamos de ser
apenas colegas e passamos a ser amigos. Neste exercício, estamos deixando um legado
muito importante para a população, porque tudo que fizemos aqui valeu a pena.
Podemos perceber que as perseguições que sofremos não adiantaram muito, pois o
resultado está aí. Muitos que bateram morderam água e não levaram nada.
Enfrentamos com classe todas adversidades. Nesta pandemia, criamos todos os meios
necessários para que a população fosse atendida, junto com a prefeitura e a Vale.
Mesmo assim, até agora perdemos cerca de duzentas vidas e a gente ver muitas
pessoas despreocupadas com a situação, sem se proteger. Deixo aqui meu sentimento
de gratidão e dever cumprido. Esta Casa deixa um legado que poucos, na história, vão
poder deixar novamente. Tenho a honra de, por ser o vereador mais velho, com 55
anos de idade, dar posse aos colegas dia 1º de janeiro”.

Kelen Adriana (PTB) – “Meu amigo e irmão Maridé, que mora em meu coração, me fez
chorar com seu discurso tão emocionante. Todos sabem que sou chorona mesmo. Mas
quero agradecer a Deus pelo projeto que ele me concedeu em servir à comunidade
nestes últimos quatro anos como vereadora. Este projeto foi sonhado pelo meu pai,
que concorreu a duas eleições, mas não foi eleito. Portanto, este mandato foi um
projeto de nossa família e da igreja. Foram quatro anos de lutas e muitas vitórias. Tudo
que tínhamos de melhor para oferecer à nossa cidade foi feito em nosso mandato. Fui
ignorada e até xingada por alguns, mas reconhecida por muitos. Lamento em ver que
só uma mulher foi eleita, mas feliz em ela poder nos representar. Parabéns aos demais
colegas que foram reeleitos e aos novos que assumirão peço que tenham amor
profundo pelo povo de Parauapebas. Agradeço ao prefeito em atender 80% de minhas
proposições. Muito grata também aos presidentes Elias e Castilho. Saio daqui com o
sentimento de dever cumprido”.
Horácio Martins (PDT) – “Neste último dia como vereador, vou usar esta tribuna para
agradecer a Deus, à minha esposa Orlene, aos meus filhos, à equipe de meu gabinete,
aos meus amigos e à população de Parauapebas, por estarmos juntos no decorrer dos
últimos quatro anos. Agradecimentos especiais também aos meus colegas de
parlamento, por esta legislatura que vai fica na história do município. Destaco aqui
também a atuação de nosso presidente Castilho, de cuja mesa sou vice-presidente,
pelo seu brilhante trabalho. Parabenizo os colegas que foram reeleitos e dou boas
vindas àqueles que vão entrar agora no parlamento, pedindo a Deus que lhes dê
sabedoria para desenvolverem um bom trabalho em prol da população. Deixo esta
Casa com a consciência do dever cumprido. Setenta por cento de minhas emendas
foram destinados às famílias da zona rural”.
Luiz Castilho (Pros) – “Chegamos ao fim de uma legislatura que marcou a história do
município, criando condições positivas para a comunidade local, estadual e nacional.
Orgulhamo-nos de ter participado desta oitava legislatura. Agradecemos a Deus, à
minha família, aos colegas vereadores e à comunidade, por tudo que conquistamos no
decorrer destes quatro anos. Tenho a convicção que fiz o melhor que pude para o
povo desta cidade e em troca fui reeleito para o segundo mandato, que devo cumprir
com maior responsabilidade ainda. Como presidente desta Casa, não mudei a minha
essência; mudei minhas atribuições, de modo respeitoso, com todos os colegas e
demais servidores públicos. Dentro dos avanços conquistados por esta legislatura,
destaco aqui a aquisição da Rádio Câmara, cujo processo teve início nas gestões dos
presidentes Braz e Elias, e agora, dia 31 de dezembro, vou finalmente colocá-la no ar.
Despeço-me desta última sessão imbuído do espirito natalino, desejando paz, saúde e
harmonia para toda população desta querida Parauapebas”.

Texto: Waldyr Silva / Fotos: Dja Oliveira

Comentários do Facebook
Share