23 de junho de 2021

Parauapebas na corrida da Coronavac

Um dos poucos municípios do Brasil que fez testagem em massa na população, em breve ganhará mais uma arma para combater a pandemia de Covid-19. CoronaVac é uma vacina contra a COVID-19 sendo desenvolvida pela companhia biofarmacêutica chinesa Sinovac Biotech. A vacina utiliza uma versão quimicamente inativada do SARS-CoV-2, o tipo de coronavirus que causa COVID-19, e se encontra na fase III dos ensaios clínicos começada em julho de 2020 no Brasil. O Instituto Butantan e a Sinovac assinaram uma parceria para que testes fossem realizados em diversos centros de pesquisa espalhados pelo Brasil.

O Brasil não é único que utilizará a Coronavac, entre eles estão: Turquia, Indonésia, China, Chile e como já foi dito, o Brasil.

Ver a imagem de origem


Muitas pessoas tem medo pois foi feita na China, mais é o de menos. Não podemos por uma ideologia em uma vacina, o importante é que ela tenha a comprovação de sua eficácia. Devemos lembrar que a Coronavac já foi testada em mais de 10 mil voluntários. Também lembramos aqui que naquele caso que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) pediu a suspensão do processo após ser comunicada sobre um “evendo adverso grave” em um dos voluntários. Após ser informada de que se tratava de um caso de suicídio, a Anvisa anunciou que os testes foram autorizados a voltar. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, o laudo do Instituto Médico Legal (IML) aponta que a morte ocorreu em consequência de uma “intoxicação exógena por agentes químicos”. A SSP ainda disse que foi constatada a presença de opioides, sedativos e álcool no sangue do voluntário.

“Sabendo do esforço gigantesco que nosso prefeito Darci Lermen vem fazendo para combater a pandemia de Covid-19, por determinação dele, na semana passada encaminhei via e-mail uma solicitação ao Instituto Butantan para entrarmos na fila de espera para a compra de 150 mil doses da vacina para disponibilizar para nossa população e estamos aguardando a resposta do instituto para combatermos esse vírus que infelizmente continua fazendo muitas vítimas, inclusive, fatais”, relata Laranjeiras Secretário de Saúde, parabenizando o Prefeito Darci por sempre estar empenhado na melhoria da saúde pública. Parauapebas ainda não tem a vacina, apenas está na lista de aquisição. E já está com um orçamento separado.

Comentários do Facebook
Share