19 de junho de 2021

Boca de fumo é desarticulada pela Polícia no Bairro Nova Vitória em Parauapebas

Após monitoramento uma equipe de investigadores de Polícia Civil, com o apoio da Guarda Municipal de Parauapebas, conseguiu desarticular um ponto de comercialização de drogas localizado no bairro Nova Vitória.
A prisão do casal se deu após denúncias anônimas que informaram que a referida residência funcionava como boca de fumo.
Segundo informações repassadas a polícia Leonardo dos Santos Sintra, 33 anos de idade, e Luciene Rodrigues Nunes, que foi liberada após ter sido ouvida pela polícia.
De acordo com a polícia, além de comercializar droga também tinha de posse armamentos e que as armas eram usadas pela mulher dentro de uma bolsa de criança.
O que foi confirmado pela equipe de investigadores que perceberam Luciene transitando pelo quintal da casa com a referida bolsa.

Momento em que a equipe resolveu realizar a abordagem, ao perceber a presença dos agentes a mesma correu deixando a bolsa para trás. Na revista foi encontrado na bolsa um revólver taurus calibre 38 com cinco munições intactas e o valor de R$ 1. 325,00 reais em dinheiro (Mil trezentos e vinte e cinco reais).



Com a chegada da Polícia Leonardo saiu de dentro da casa e foi questionado sobre a droga, ele negou haver entorpecentes na casa e informou apenas sobre o armamento e as munições, onde o mesmo mostrou mais 06 munições calibre 36 intactas.
A polícia continuou com autorização do casal as buscas pela casa, além da revista pessoal, onde a delegada Ana Carolina encontrou escondido entre os seios da suspeita papelotes de maconha que estavam divididas em porções prontas para o comércio.
Na casa foram apreendidos ainda uma balança de precisão usada para embalar a droga e vários plásticos usados para embalar os entorpecentes para a comercialização.
Durante revista pela casa e com o apoio da equipe do canil da Guarda Municipal com a atuação dos cães farejadores foi possível encontrar 129 gramas de maconha que estava enterrada no quintal da residência. Ainda foram apreendidos 4 aparelhos celulares.
O casal foi encaminhado para a delegacia para os procedimentos cabíveis e em depoimento Leonardo afirmou que a arma pertencia a ele, bem como também estava praticando o crime de tráfico de drogas.

Neide Folha / Revisão Urias Showdenn Portal Parazão Tem de Tudo

Comentários do Facebook
Share