17 de maio de 2021

Sudeste Paraense na mira da Polícia Federal para combater extração ilegal de minério

A região sudeste do Pará tem um histórico de extração ilegal de minério, sendo o combate a essa prática criminosa recorrente pela Polícia Federal, contando com inúmeras operações durante todo o ano de 2020 pela Polícia Federal, tanto dissuadindo esta prática com bloqueio de bens nas áreas de extração, prisões em flagrante e apreensão de veículos como em atuação junto ao destino final no porto de Barcarena, impedindo a exportação. A Polícia Federal, em conjunto com a Agência Nacional de Mineração (ANM), deflagrou nesta quinta-feira (26/11) a Operação Offside mineral, com o objetivo de fiscalizar e desarticular o esquema criminoso de extração ilegal de minério de manganês na região de Curionópolis no Sudeste do Pará. Referida matéria prima é pertencente a União Federal, constituindo tal conduta em crime contra o patrimônio, na modalidade de usurpação, artigo 2 da lei 8.176/91, além de crime de falsidade ideológica, artigo 299 do Código Penal, e organização criminosa, artigo 2 da lei 12850 de 2013. Participaram da ação 32 policiais federais e 3 servidores da ANM. As investigações identificaram o fato de que a empresa alvo da operação utiliza títulos minerários vencidos e extrai minério em grande quantidade em local diverso do autorizado pela ANM.

Comentários do Facebook
Share