26 de julho de 2021

Criminoso estupra mulher com bebê no colo, assalta família e é liquidado

A vida pregressa de Mauri Freire de Souza chegou ao fim na tarde desta terça-feira, 22, após praticar o último assalto de sua vida. Tudo começou por volta de 14h40, quando a Polícia Militar de Canaã dos Carajás foi acionada por Marcos Dione Sousa da Silva, o qual informou que um indivíduo havia invadido a sua casa, localizada na Rua Padre Vicente, Bairro Jardim América, e teria rendido a sua esposa, Fabiana de Sousa Carneiro, além de outras duas pessoas que estavam na residência.

Criminoso em vida

Mauri usava uma faca e obrigou as vítimas a entregarem seus aparelhos celulares (três no total), e ainda uma motocicleta Honda/Fan, de placa OTG-8815, cor vermelha. E foi com ela que ele fugiu do local.

E foi a partir dessas informações, que uma Guarnição da PM, em ronda no setor de chácaras conhecido como Jerusalém, se deparou com o individuo com as mesmas características repassadas pelas vitimas, o qual estava a pé e sem a motocicleta roubada. Ao avistar a viatura policial, Mauri correu em direção a um motociclista que estava em outra moto Honda Pop, de cor branca, que passava pelo local naquele momento.

O acusado, segundo a PM, tentou fazer o motociclista refém e tirou uma arma de fogo da cintura. Neste momento, porém, para resguardar a vida do motociclista que ia ser feito refém, os policiais dispararam contra o individuo, que foi atingido e caiu. Ele ainda foi socorrido pelos militares e levado para o hospital de Canaã, todavia, lá foi constatado o óbito.

Foram recuperados os aparelhos celulares das vítimas e apreendida uma arma de fogo do tipo fabricação caseira. Mauri é suspeito de ter cometido diversos assaltos em Canaã, inclusive de uma criança de 10 anos que o mesmo derrubou da bicicleta para levar o celular. Ele também era acusado de ter praticado violência sexual contra uma mulher, que estava com um bebê no colo. A PM não informou a data e nem o local desta ocorrência.

A intervenção policial foi realizada pela guarnição conduzida pelo cabo J. Dias, com apoio dos soldados Coimbra, Rodrigues, Lima e Moura.

Fonte: Correio de Carajás

Comentários do Facebook