22 de junho de 2021

Sistema penitenciário inicia saída temporária pelo Dia dos Pais


Custodiados pelo sistema penitenciário do Pará começaram neste sábado (22) a saída temporária referente ao Dia dos Pais. Neste primeiro dia de garantia do benefício, 299 detentos foram liberados para o reencontro com seus familiares. A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) fez um planejamento para garantir a organização da saída, iniciada às 8 h. Todas as unidades com internos beneficiados seguiram integralmente as medidas definidas pela Secretaria.

Atendendo às decisões judiciais, entre os internos liberados 155 estão sendo monitorados eletronicamente. Todos ficarão em liberdade até o próximo sábado (29), uma parte monitorada eletronicamente e outra sem monitoramento, desde que comprovada a realização de trabalho externo.



As unidades que tiveram internos beneficiados nesta primeira etapa do cronograma foram o Centro de Recuperação do Coqueiro (CRC), Centro de Progressão Penitenciária de Belém (CPPB), Centro de Recuperação Coronel Anastácio das Neves (CRCAN), Centro de Reeducação Feminino em Marituba (CRF), Central de Triagem Metropolitana I (CTM I), Centro de Recuperação de Mosqueiro (CRMO) e Central de Triagem de Marabá (CTMAB).

Triagem – “Hoje, a expectativa de encontrar esposa, mãe e filhos é sem tamanho. Dentro de mim está tudo agitado”, disse o interno Wagner Magalhães. Antes da liberação, e também ao retornarem, todos passam por triagem da equipe médica da unidade, para garantir a saída e a volta com pleno acompanhamento do estado de saúde. Isso evita a saída de internos com enfermidades. Durante esta etapa, as equipes verificam temperatura, saturação, pressão arterial e outros sinais vitais. Além disso, todos os internos recebem máscaras, e antes de sair das unidades higienizam os pés e as mãos.

Como uma das medidas de prevenção ao novo coronavírus, a Seap definiu várias datas de saída para evitar aglomerações e garantir segurança à saúde de todos, informou a diretora de Execução Criminal da Secretaria, Patrícia Abucater. “No planejamento da saída temporária foi decidido que será feita de forma fracionada. Assim, nós garantimos que não vai haver nenhum tipo de aglomeração, preservando a saúde dos nossos custodiados”, afirmou.

No CRC, localizado na Região Metropolitana de Belém, 157 internos foram beneficiados com a saída temporária; 130 saíram monitorados eletronicamente. O diretor em exercício da unidade, Nelson Yoshida, disse que é difícil acompanhar o momento da saída dos internos e do reencontro com os familiares e não se emocionar. “A gente vê no semblante deles a felicidade, além da satisfação da família que tá lá fora”, declarou o diretor.

Família e trabalho – Luan Cardoso, custodiado do CRC, pai de quatro meninas, se programou para aproveitar ao máximo os dias junto aos familiares, além de dar continuidade a trabalhos que já realizava antes do início da pandemia, quando podia sair para atividades laborais devido ao regime semiaberto – hoje temporariamente suspenso por causa da Covid-19. “O primeiro final de semana vai ser com todas as minhas filhas e a minha mãe. E a partir de segunda-feira vou voltar ao trabalho. Temos que trabalhar para sustentar a família”, informou.

A saída de internos da Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel está programada para o próximo dia 31 de agosto (segunda-feira), e será feita em quatro etapas. As demais unidades com internos beneficiados estão programadas para 31 de agosto e 9, 18 e 27 de setembro.

Por medida de segurança para o próprio apenado, a lista dos próximos liberados não será divulgada ao público. Por isso, a Secretaria reforça a necessidade de atualização dos dados cadastrados no sistema, pois nesta semana a equipe de atendimento aos familiares da Seap entrará em contato com as famílias para informar quem será beneficiado com a saída temporária na próxima data do cronograma.

Comentários do Facebook