22 de junho de 2021

Bairro Tropical ganhará Feira Comunitária

Um lugar para que pequenos empreendedores em diversos segmentos possam fazer comércio de produtos e assim garantir a sobrevivência da família e ainda fugir do desemprego. É com esse objetivo que a ACMBJIT (Associação Central dos Moradores dos Bairros Jardim Ipiranga, Tropical I, Tropical II e Adjacências) contando com o apoio da Comunidade por meio da Comissão dos Feirantes, lutaram pela construção de uma Feira Comunitária do Complexo Jardim Ipiranga e Tropical.

“A ideia foi trazida para a entidade e, ao unirmos as forças, conseguimos coloca-la na lista e prioridades”, lembra Girlan Pereira, na época presidente da ACMBJIT.



Assim, após estudo de viabilidade e comparativo com a demanda existente, a ideia virou projeto, o recurso foi alocado e agora está prestes a virar realidade sendo mais uma obra do Governo Darci Lermen em prol do Povo de Parauapebas.

O aviso de licitação no modelo concorrência pública do tipo menor preço, foi publicado no dia 24 de julho, estando o Edital e seus anexos à disposição dos interessados na coordenadoria de licitação e contratos da Prefeitura Municipal de Parauapebas.

O próximo passo será a assinatura da ordem de serviços para que seja iniciada a construção da Feira do Bairro Tropical que terá 2.058,65M² de área construída, sendo destes 1.077,87M² de pavimento térreo e 980,78M² de pavimento superior.

De acordo com a demanda local levantada a Feira do Bairro Tropical contará com a seguinte distribuição de necessidades:
PAVIMENTO TÉRREO:
• box 01: Remédios Naturais
• Box 02: Remédios Naturais
• Box 03: Distribuidora de Bebidas
• Box 04: Sapataria
• Box 05: Loja de Variedades
• Box 06: Loja de Variedades
• Box 07 ao Box 12: HortFruit com 144m², equipados com pias e bancadas.
• Box 13 ao Box 18: Açougue, com pia e deposito cada box.
• Box 19 e Box 20: Mariscos, com pia, depósito e tanque para mariscos vivos.
• Box 21 ao Box 24: Peixarias, com pia, depósito e tanque para peixes vivos.
Neste mesmo pavimento está inclusa a área de apoio com duas escadas de acesso, Rampa de acesso com 8,33% de inclinação; banheiros masculino e feminino, ambos com acessibilidade; duas casas de força para medidores energia elétrica; duas áreas técnicas para manutenção.
No pavimento superior terão:
• Box 25 e Box 26: Restaurante 01 com cozinha industrial
• Box 27 e Box 28: Restaurante 02 com cozinha industrial
• Box 29 e Box 30: Restaurante 03 com cozinha industrial
• Box 31: Loja de Confecções 01 equipado com pia
• Box 32: Loja de Confecções 02 equipado com pia
• Box 33: Loja de Confecções 03 equipado com pia
• Box 34: Loja de Confecções 04 equipado com pia
• Box 35: Loja de Confecções 05 equipado com pia
• Box 36: Loja para concertos de celulares com pia
• Box 37: Salão de Cabelereiro 01 equipado com pia
• Box 38: Salão de Cabelereiro 02 equipado com pia
• Box 39: Salão de Cabelereiro 03 equipado com pia
• Box 40: Salão de Cabelereiro 04 equipado com pia
• Box 41: Salão de Cabelereiro 05 equipado com pia
• Box 42: Salão de Cabelereiro 06 equipado com pia
• Box 43 e Box 44: Restaurante 04 com cozinha industrial
• Box 45 e Box 46: Restaurante 05 com cozinha industrial
• Box 47 e Box 48: Restaurante 06 com cozinha industrial

Neste mesmo pavimento está inclusa a área de apoio com duas escadas de acesso, Rampa de acesso com 8,33% de inclinação; banheiros masculino e feminino, ambos com acessibilidade.
De acordo com Hamilton Nascimento da Silva, presidente da ACMBJIT, a obra contemplará nem só a população daquele bairro, mas, pela sua estrutura e sofisticação, atrairá pessoas de outros bairros que irá ao local para fazer compras. “Estamos esperançosos que a obra dará uma nova cara ao nosso bairro. E, breve, teremos um bairro com ótima pavimentação e drenagem e um ótimo espaço para comércio popular”, conclui Hamilton.

Texto: Francesco Costa

Comentários do Facebook