24 de junho de 2021

Medida provisória perde validade e energia volta ao preço anterior a pandemia

Mais de 802 mil consumidores paraenses que fazem parte do programa Tarifa Social de Energia Elétrica no Pará voltam a ter o benefício de até 65% de desconto na conta a partir deste mês de julho. Durante os meses de abril, maio e junho, devido a pandemia, o desconto foi de 100% no consumo até 220kw, conforme medida provisória do Governo Federal.

Com o fim da medida provisória, a concessionária de energia Equatorial alerta para que os consumidores continuem economizando para diminuir os impactos da conta de luz no orçamento familiar.

“Com o fim do desconto de 100% na tarifa, é normal que a conta de energia volte ao patamar anterior à pandemia do novo coronavírus. Então, é importante que as famílias não desperdicem energia elétrica e adotem hábitos como desligar a luz ao sair dos ambientes, abrir a porta da geladeira apenas quando já souber a sua necessidade, manter a temperatura do ar condicionado em 23º graus, que é onde o consumo é menor e ainda optar pela utilização de equipamentos eletroeletrônicos com o selo A do Procel, que indica os aparelhos mais econômicos”, explica o gerente de relacionamento com o cliente, Haroldo Nobre.

G1/Pará

Comentários do Facebook