24 de junho de 2021

Idoso é preso suspeito de estuprar neta de companheira em Parauapebas

Um carpinteiro de 55 anos foi preso na madrugada deste sábado (4) suspeito de violar uma adolescente de 16 anos no bairro Liberdade II, em Parauapebas. De acordo com a Polícia Militar, o homem, identificado como Raimundo Nonato Sousa Neres, é companheiro da avó da vítima. Ele nega as acusações.

Conforme a ocorrência registrada na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, os abusos foram presenciados por um irmão da vítima. Ao tomar conhecimento da situação, a mãe da garota se deslocou até a casa do companheiro — eles não moravam juntos — a fim de cobrar explicações do homem.

Chegando lá, a mãe encontrou o suspeito fazendo um cigarro, e a vítima no rumo da porta para ir embora. Nesse momento, a garota começou a chorar dizendo que os abusos foram cometidos à força. Ela possui deficiência física e foi levada para o Hospital Geral de Parauapebas (HGP).

A narrativa da mãe, responsável pela denúncia, é desmentida por Raimundo Nonato. O carpinteiro conta que estava salgando peixe em sua casa quando foi surpreendido pela adolescente. “Ela veio até mim dizendo que queria ficar comigo”, declarou.

Segundo o homem, após receber um não, a adolescente foi para o quarto dele. “De repente, ela estava nua em cima da minha cama. A tentação não é de hoje, mas eu sempre resisti. Não transei com ela”, afirma Raimundo Nonato.

O carpinteiro alega que a moça não possui doença mental, fato que agrava a pena de estupro. Além disso, sustenta que a neta da companheira tem 17 anos, e não 16. “Considero [a garota] um ente da minha família, jamais faria algo contra ela”, jura.

Raimundo Nonato foi preso sob a suspeita de estupro de vulnerável, pelo estado de fragilidade física da garota. A vítima receberá acompanhamento psicossocial. Fonte: Correio de Carajás

Comentários do Facebook