23 de junho de 2021

Após repercussão negativa, governador desiste da condecoração que fez a si mesmo com medalha ‘Dom Pedro II’

A repercussão negativa, especialmente nas redes sociais, pelo fato do governador do Pará, Helder Barbalho, condecorar a si mesmo com a medalha “Dom Pedro II”, uma das mais importantes honrarias do Pará, fez o governador voltar atrás. A edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta segunda-feira, 6, traz a republicação do decreto da comenda sem o nome do governador, com a justificativa de ter sido publicado com erro no último dia 3.

Além de conceder a honraria em plena pandemia do novo coronavírus, com os números do Pará em mais de 114 mil casos e mais de 5 mil óbitos, os internautas não perdoaram o fato do Governo do Pará estar acumulando denúncias de superfaturamento em contratos com dispensa de licitação, alguns inclusive alvo de investigações pela Polícia Federal (PF).

A medalha “Dom Pedro II” é uma das mais importantes do Pará, concedida a civis e militares, além de instituições, sejam nacionais ou estrangeiras, que tenham prestado assinalados serviços ao Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBMPA) e contribuído para o aperfeiçoamento e projeção da instituição no âmbito dentro e fora do Estado.

Instituída em 13 de maio de 1994, por meio do decreto nº 2.523, ela é concedida por ato do chefe do Poder Executivo estadual, mediante a proposição da Comissão da Ordem do Mérito Dom Pedro II, nomeada pelo comandante-Geral do Corpo de Bombeiros Militar. Desta vez, porém, por alguma razão, o governador incluiu o próprio nome para receber a comenda. Fonte: Roma News

Comentários do Facebook