18 de junho de 2021

Pedofilia: Conexão de imagens entre Tucumã e Espanha é interceptada

Uma mensagem que saiu de um computador em Tucumã para outro na Espanha, atravessando o Oceano, continha arquivos com conteúdo cenas de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente. A Guarda Civil Espanhola interceptou a mensagem e avisou as autoridades brasileiras. Depois de iniciada uma investigação, na manhã desta terça-feira (9), a Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do suspeito, que já estava morando em outro Estado, mais precisamente na cidade de Imperatriz (MA). Mesmo assim ele foi localizado.

Para a Imprensa, a delegada Ingrid Fonseca, da Polícia Federal em Redenção, explicou que aio ser descoberto o endereço de IP do computador de onde partiu a mensagem de conteúdo pedófilo, a PF começou a investigar e identificou o suspeito. Mesmo ele tendo se mudado, a Justiça Federal autorizou o Mandado de Busca e Apreensão na residência da pessoa, cuja identificação não foi divulgada ainda.



Os policiais federais cumpriram o mandado nesta terça, mas na nova residência do alvo não foram localizados muitos dispositivos eletrônicos que pudessem estar armazenando as mídias com o conteúdo considerado ilegal conforme preconizam os Artigos 241-A e 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Por isso, segundo a delegada Ingrid, o telefone celular do alvo foi apreendido, para ser encaminhado a perícia que tentará encontrar o conteúdo em questão. Chagas Filho/Correio de Carajás

Comentários do Facebook