23 de junho de 2021

Música invade hospital e emociona pacientes que receberam alta em Maceió

Casal de idosos deixou Hospital Maceió sob o som de sax tocado pelo diretor da unidade

Olhos marejados, sorriso por detrás das máscaras e muita emoção. A música invadiu o Hospital Maceió, da rede Hapvida, na tarde desta segunda-feira (22), e protagonizou a alta de pacientes que estavam internados, em tratamento do novo coronavírus.

Foi uma alta bem especial com um presente do diretor médico do Hospital. O médico Simão Tavares tocou o instrumento e reproduziu canções que serviram de acalento não apenas para os pacientes que foram curados, como também para os hospitalizados, que, na ocasião, se disseram mais animados para enfrentar os dias de tratamento.

Confira o vídeo aqui:

As notas de saxofone ecoaram nos corredores da unidade e serviram de inspiração para abrilhantar ainda mais a história de um casal de idosos que, juntos, superaram a batalha contra a Covid-19. Os pacientes Arnaldo Vitor do Nascimento, 80 e Josefa Antero do Nascimento, 73, compartilham uma vida juntos: são 55 anos de amor e muito companheirismo. Seu Arnaldo estava internado há 15 dias e dona Josefa há 16 dias.

A equipe médica fez questão de registrar o momento e compartilhá-lo nas redes sociais. A iniciativa do Sistema Hapvida visa oferecer um atendimento mais humanizado espalhando amor por meio da música com a certeza que tudo isso vai passar.

MUSICOTERAPIA

A musicoterapia pode trazer benefícios para o alívio da dor e ansiedade, além de gerar sensação de bem-estar e relaxamento. A técnica que pode ajudar no tratamento de doenças físicas e mentais através de instrumentos, sons, canções e ritmo.

Estudos, como o da Universidade de Drexel, nos Estados Unidos, comprovam que ela pode ser benéfica para quem tem depressão e câncer, por exemplo. Ouvir e tocar música também pode reduzir os níveis de cortisol no sangue – hormônio responsável pelo estresse – e também ativar o centro de prazer do cérebro ao liberar dopamina.

Comentários do Facebook