13 de junho de 2021

Jovem morre após ser atropelada por carreta em Marabá

Um acidente ocorrido no final da manhã desta terça-feira (2), no Núcleo São Félix, envolvendo uma motocicleta e uma carreta acabou por tirar a vida de Maria Aparecida Dias dos Reis Costa, de 20 anos.

Maria Aparecida deixa uma filha de quatro anos de idade / Foto: Redes Sociais

A jovem estava indo de mototáxi da sua residência no Núcleo Morada Nova, para uma consulta no dentista, quando o piloto cometeu um descuido ao passar por um quebra-molas em meio ao grande tráfego de veículos na Rodovia BR-222, e uma carreta acabou atropelando-os.



Segundo o ex-companheiro da vítima, que foi até o local do acidente, a carreta tocou no guidão da moto, o que acabou levando os dois aí chão. O mototaxista caiu para baixo da carreta e Maria Aparecida foi parar próximo ao pneu, que passou por cima dela.

Imediatamente, populares que estavam no local prestaram socorro e chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), além de preservarem o local onde Maria Aparecida ficou agonizando, até a ambulância chegar.

O motorista da carreta alegou que não havia percebido o que acontecera, e seguiu viagem, porém, foi interceptado pela polícia logo na saída da ponte sobre o Rio Tocantins. Ele foi conduzido até a 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde alegou não saber que havia atropelado a jovem.

Enquanto isso, na ambulância a caminho do Hospital Municipal de Marabá, Maria Aparecida era tratada. No entanto, antes de chegar ao HMM, ela veio a óbito por conta de uma hemorragia interna, sendo levada diretamente para o Instituto Médico Legal (IML).

Maria Aparecida morava próximo à casa de sua avó em Morada Nova, era estudante, e deixa uma filha de quatro anos de idade.

Segundo o ex-companheiro da jovem, ela é a terceira vítima da família que morre por conta de acidentes automobilísticos, sendo primeiro sua mãe e depois sua irmã. Com informações de Zeus Bandeira e Josseli Carvalho/Correio de Carajás

Comentários do Facebook