14 de junho de 2021

Teich pede demissão e deixa Ministério da Saúde antes de completar um mês no cargo

Nelson Teich deixou Ministério da Saúde nesta sexta-feira (15), antes de completar um mês à frente da pasta. Em nota, foi informado o pedido de demissão.

Teich tomou posse em 17 de abril.



Essa é a segunda saída de um ministro da Saúde em meio à pandemia do coronavírus. Teich havia substituído Luiz Henrique Mandetta.

O ex-ministro e o presidente Jair Bolsonaro apresentavam divergências quanto às decisões tomadas em meio à pandemia no país. O uso da cloroquina no tratamento da Covid-19 e questões ligadas à flexibilização do isolamento foram os principais tópicos de discordância entre as partes.

A cloroquina foi também um dos motivos de divergência que pesaram na demissão do ex-ministro da Saúde, Mandetta, substituído por Teich.

Possível substituto
De acordo com informações da Veja, Bolsonaro já tem em mente o possível substituto para o Ministério da Saúde. O nome escolhido é o do general Eduardo Pazuello, número dois da Saúde.

Ainda segundo a revista, Pazuello aceitou o convite. O contato foi feito ainda nesta semana.

Comentários do Facebook