23 de junho de 2021

Mãe e filho são assassinados a tiros em Parauapebas

Francisca Justina de Carvalho, de 50 anos, morreu na manhã desta segunda-feira (25), após ser assassinada por disparos de arma de fogo, um deles na cabeça. A vítima estava com o filho que chegou a ser encaminhado para o Hospital Geral de Parauapebas, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O crime aconteceu na Rua São Luiz, no Bairro Primavera, em Parauapebas. Segundo informações de vizinhos, o autor dos disparos, ainda não identificado, entrou na casa das vítimas com a justificativa de estar fazendo uma pesquisa sobre a Covid-19. Até o momento, a polícia não tem informação do paradeiro do executor e nem sobre a motivação do crime.

Uma das vizinhas de Francisca conta ter achado estranho o ocorrido, afirmando que a vítima é “mulher da igreja, uma senhora que é da Assembleia, aparentemente não se tem nenhuma notícia que mexe com alguma coisa, ou, o filho, muito estranho. Tá todo mundo sem entender”.

Francisca Justina de Carvalho foi assassinada a tiros no local/ Fotos: Reprodução

Zona Rural de Parauapebas, Palmares II

Em menos de uma hora outro homicídio foi registrado, está sendo investigado em Parauapebas, ocorrido na Palmares II, Zona Rural. Irisvan Lima da Silva, o Corro, também foi morto a tiros.

Conforme a Polícia Militar, três indivíduos não identificados cercaram a residência da vitima. Dois deles pularam o muro da casa e efetuaram três disparos de arma de fogo em Irisvan Lima, que morreu no local. Os três fugiram em seguida.

Após os levantamentos de praxe realizados pela equipe do Departamento de Homicídios da 20ª Seccional de Polícia Civil, o corpo da vítima foi removido pela equipe do IML e encaminhado para necropsia no Centro de Perícias Científica Renato Chaves de Parauapebas.

Em outra situação foi morto Irisvan Lima da Silva

Assim como o assassinatos ocorrido mais cedo, não há informações sobre a motivação ou autoria. *Fonte: Correio de Carajás

Comentários do Facebook